Últimas

Adolescente é resgatado de escombros cinco dias após terremoto no Nepal

Publicidade

As equipes de emergência retiraram nesta quinta-feira (30) um adolescente de 15 anos dos escombros de um edifício em Katmandu, cinco dias depois do terremoto no Nepal, anunciou a polícia.

“Um jovem de 15 anos foi retirado dos escombros de um albergue chamado Hilton Guesthouse”, afirmou o porta-voz da polícia, Kamal Singh Bam.

O sobrevivente foi identificado como Pemba Lama.

Ele é o último sobrevivente resgatado de um edifício que desabou durante a catástrofe. Na terça-feira (28), as equipes de emergência encontraram um jovem de 28 anos no mesmo local.

O adolescente foi levado para o hospital.

Niranjan Shresta/Associated Press
Equipes de emergência retiram adolescente <br>de 15 anos dos escombros de um edifício em Katmandu, cinco dias após terremoto no Nepal
Equipes de emergência retiram adolescente de 15 anos dos escombros de um edifício em Katmandu

Apesar dos esforços, as equipes de emergência ainda não conseguiram chegar às regiões mais isoladas do país.

O terremoto que abalou o Nepal no sábado passado deixou mais de 5.400 mortos, segundo o último boletim do Centro Nacional de Operações de Emergência, divulgado nesta quinta-feira.

O tremor, de magnitude 7,8, também matou mais de 100 pessoas na Índia e China.

De acordo com a ONU, oito dos 28 milhões de habitantes do país foram afetados direta ou indiretamente pela catástrofe.

O governo do Nepal anunciou nesta quinta-feira que os alpinistas poderão retornar ao monte Everest nos próximos dias. O terremoto de sábado provocou uma avalanche e matou 18 pessoas na área da maior montanha do mundo.

“As escadas serão reparadas dentro de dois ou três dias e as escaladas poderão continuar, não há razão para que ninguém abandone sua expedição”, disse à agência AFP o diretor do departamento de Turismo, Tulsi Gautam.

Na madrugada desta quinta-feira, um primeiro avião especial, com 206 pessoas retiradas do Nepal, principalmente franceses, pousou no aeroporto parisiense de Roissy, segundo o ministério das Relações Exteriores.

A ONU fez um apelo por 415 milhões de dólares para ajudar as vítimas do terremoto. Na quarta-feira, milhares de pessoas, desesperadas, protestaram na capital Katmandu pela falta de água e de alimentos.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *