Últimas

Antiga falha de segurança no OS X ressurge das cinzas e mostra que não foi corrigida

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Rootpipe é uma falha de segurança que existe desde 2011 no sistema operacional para computadores da Apple, e imaginava-se que havia sido reparada nas recentes atualizações do OS X Yosemite, segundo a própria companhia havia alegado. Porém, não é isso que um ex-funcionário da NSA reportou em seu blog.

A vulnerabilidade pode ser explorada para permitir ao hacker o controle do aparelho Mac sem a necessidade de autenticação. Para isso, ela dá acesso root ao atacante, ou seja, os maiores privilégios de acesso a um computador.

Se você é o único que utiliza seu Mac, ou compartilha apenas com pessoas que pode confiar, não se preocupe – o Rootpipe exige que o hacker manuseie o aparelho fisicamente para que consiga explorar a vulnerabilidade e ganhar permissões de administrador. Porém, uma vez que essa barreira é vencida, o atacante é capaz de causar grandes estragos.

Foi Patrick Wardle, o ex-funcionário da NSA, quem descobriu que a falha não havia exatamente sido corrigida. Atualmente líder na empresa de segurança Synack, Wardle encontrou um jeito de explorar a vulnerabilidade durante um vôo de avião. Embora a Apple tenha adicionado camadas de controle de acesso para impedir ataques, ele foi capaz de driblar a proteção através de seu código e substituir arquivos do Mac.

A Apple foi avisada sobre o problema em meados de outubro, mas só este mês ela reconheceu a culpa. Wardle não quis revelar seu método de ataque, mas alertou a companhia sua descoberta e espera que uma solução confiável seja liberada nos próximos meses. A companhia de Cupertino ainda não quis comentar o assunto.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *