Últimas

Após quatro dias, Gwyneth Paltrow desiste de desafio da comida proposto por ONG, entenda!

(GettyImages)
(GettyImages)

Gwyneth Paltrow não conseguiu completar o desafio proposto pela ONG Food Bank for New York City, que consistia em comer durante uma semana com apenas 29 dólares, aproximadamente 89 reais.

Em seu site, a atriz revelou que após quatro dias desistiu do desafio criado pela ONG, que tem a intenção de mostrar o quão difícil é viver com a atual cota de vales de comida, que é entregue pelo governo norte-americano em um programa de assistência alimentícia às pessoas de baixa renda, que permite comprar até 29 dólares por semana em mercadorias.

Gwyneth admitiu que não conseguiu completar o desafio, pois não conseguiu ficar sem frango, legumes frescos, e metade de um saco de alcaçuz preto. Com isso, a atriz mostra como é difícil sobreviver apenas com 29 dólares durante uma semana, com uma alimentação restrita de alimentos saudáveis, já que na maioria das vezes eles acabam sendo mais caros nos Estados Unidos.

Depois de tentar completar este desafio (que gostaria de dar-me um C-), estou ainda mais indignada que ainda não há igualdade de remuneração no local de trabalho. Desculpe ir pela tangente, mas muitas mães trabalhadoras estão sendo convidados a fazer o impossível: alimentar as suas famílias em um orçamento que só pode apoiar as empresas de alimentos que fornecem alimentos de baixa qualidade. O sistema alimentar no nosso belo país precisa ser submetido a uma revisão.

Não estou sugerindo que todo mundo coma alimentos orgânicos de algum cavalo alto no céu. Eu estou dizendo que todos devem ser capazes de suportar o alimento fresco, real. E se as mulheres foram pagos um salário igual, as famílias podem ter mais de uma opção nos corredores de supermercado, para não falar no resto de suas vidas. 

Por fim, a atriz ainda publicou três receitas que são possíveis de serem feitas com os alimentos que conseguiu comprar com apenas 29 dólares e finalizou pedindo apoio a causa:

Após esta semana, estou ainda mais grata que eu sou capaz de fornecer alimentos de alta qualidade para os meus filhos. Vamos todos fazer o que pudermos para tornar este um direito humano fundamental e não um privilégio.

Veja outros famosos que lideram causas sociais!

Fonte: R7.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *