Últimas

Auditoria encontra irregularidades em contrato de serviços do Samu

Publicidade

Em relatório de auditoria realizada pela Controladoria Geral do Município a respeito da prestação de serviços da empresa Tevec Metodologias e Sistema Ltda ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram encontradas irregularidades, como a incompatibilidade e redundância dos sistema desenvolvido pela empresa em relação ao que já era adotado na Central do Samu, que abandonou o sistema.

O contrato vigorou de junho de 2012 a fevereiro de 2014 e no total foram gastos quase R$ 10 milhões referentes à implantação do sistema de acompanhamento e gerenciamento, treinamento da equipe, manutenção e outros serviços.

Segundo a coordenação do Samu, renovar o contrato implicaria custo desnecessário, já que o investimento “não estava sendo revertido de forma apropriada para o benefício da municipalidade”.

O contrato previa o fornecimento de computadores móveis em vez de desktops, mais baratos, para serem utilizados nas bases do Samu. Além disso, equipamentos avaliados em mais de R$ 1,5 milhão de reais estão trancados em um almoxarifado e já estão ultrapassados.

Procurada pela Folha, a Tevec não se manifestou sobre o relatório.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *