Últimas

Blairo Maggi diz que foi enganado pelo governo Dilma e que Fazenda dá calote

Publicidade

O senador e empresário Blairo Maggi (PR-MT) criticou nessa quarta-feira (28) o arrocho fiscal do governo federal e disse que o Ministério da Fazenda está dando “calote” para fazer superavit.

“Politicamente tenho muitos colegas que não apoiaram a presidente Dilma. Eu apoiei. Pedi voto. Fiz [isso] em nome dos meus projetos e, assim como muita gente se sente enganada, eu me sinto enganado. Eu fui derrotado”, afirmou.

“Eu vejo que eu estava errado e os que estavam contra mim estavam certos.”

Segundo ele, alguns pontos defendidos pelo ministro Joaquim Levy estão certos, mas ele “erra na mão quando quer fazer o ajuste fiscal”.

“Não pagar os fornecedores que fizeram serviços para trás só tem um nome: é calote. O governo pediu, processou e na hora de pagar o ministro da Fazenda não paga porque está fazendo superavit?”, questionou.

O comentário foi feito durante audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado, que recebe o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues.

Pouco antes do senador pedir a palavra, Rodrigues havia informado que não sabe ainda qual a situação de caixa de seu ministério.

“Nesse período o que eu fiz? Apaguei incêndio. Fui mais bombeiro que ministro”, desabafou Rodrigues.

O ministro dos Transportes também afirmou que “várias obras no país vão parar” e que ele “não pode esconder o que está acontecendo no ministério”.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *