Últimas

Chega a 33 número de mortos em acidente de trânsito no Marrocos

Rabat, 10 abr (EFE).- O número de mortos em uma colisão frontal entre um ônibus de passageiros e um caminhão em uma estrada perto de Tan-Tan (sul do Marrocos) já chegou a 33, a maioria crianças, informaram à Agência Efe fontes da Polícia local.

Segundo as fontes, os corpos foram levados ao necrotério da cidade de Tan-Tan, enquanto outros dez feridos foram internados no Hospital Hassan II da cidade.

Entre os feridos está o segundo motorista do ônibus, que ficou levemente ferido, mas ao qual não se pôde ouvir até o momento porque apresentava um severo quadro de ansiedade após o acidente, acrescentaram as fontes.

As fontes também destacaram que as investigações continuam seu curso para esclarecer as circunstâncias do acidente e determinar qual é o veículo responsável por invadir a calçada.

A maioria dos mortos são crianças de entre 12 e 14 anos de idade, segundo informaram à Efe fontes do governo local de Tan-Tan.

O diretor do hospital Hassan II de Tan-Tan, Abdallah Daqaqi, explicou à Efe que a maioria dos feridos saiu do hospital, salvo alguns casos entre eles um estado grave que foi levado ao hospital de Marrakech de helicóptero, por isso que o número de mortos poderia aumentar.

Segundo o jornal na internet “alyaoum24”, o ônibus transportava um grupo de crianças desportistas que iam para El Aaiun (capital do Saara Ocidental), depois de ter participado nos últimos dias dos Jogos Nacionais de Escolas de Esporte, nas proximidades de Rabat, a 1.000 quilômetros dali.

Por razões desconhecidas, o ônibus bateu de frente em um caminhão-reboque, que aparentemente transportava produtos inflamáveis, e o ônibus ficou completamente queimado, como pôde ver-se em algumas imagens publicadas na internet.

Pouco após saber do acidente, o rei Muhammad VI do Marrocos anunciou que vai assumir pessoalmente as despesas de transferência e enterro dos mortos.

Os acidentes de trânsito no Marrocos deixaram em 2013 mais de 3.700 mortos, 8,63% menos que no ano anterior, mas o índice de acidentes aumentou 1,4%, para 68.458.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *