Últimas

Cientistas criam câmera que funciona sem depender de baterias

Um projeto de câmera revelado pelos pesquisadores da Universidade Columbia, nos Estados Unidos, quer eliminar para sempre a necessidade de recarregar o dispositivo antes de usá-lo. O aparelho é capaz de transformar a luz que captura para fotografar em energia para se manter funcionando, permitindo que ela opere de forma ininterrupta enquanto houver alguma fonte de luz por perto.

Não há necessidade de bateria, cabos ou até mesmo painéis solares externos. Os sensores da câmera absorvem a luz e a transformam em energia, permitindo que a câmera faça uma foto por segundo para sempre (até apresentar algum defeito, obviamente). É necessário apenas a iluminação de uma lâmpada doméstica comum para que a câmera se mantenha funcionando e fotografando estavelmente neste ritmo.

O vídeo abaixo foi produzido desta forma:
[embedded content]A câmera ainda está em fase de protótipo, longe do mercado consumidor, mas os pesquisadores estão otimistas sobre seu futuro. O projeto pode encontrar funcionalidades em dispositivos vestíveis, internet das coisas e smartphones, podendo até mesmo, hipoteticamente, recarregar seu aparelho enquanto ele não está em uso.

Neste protótipo, os sensores coletam a luz não apenas para fotografar, mas também para permitir que um capacitor transforme a luz em energia para alimentar a câmera. O pesquisador Shree Nayar diz que modelos futuros poderão ter uma bateria recarregável.

Mas não espere que a tecnologia chegue ao mercado cedo. Você não poderá comprar uma câmera assim ou um smartphone que utilize essa câmera em um futuro próximo. A equipe acredita que para levar este projeto, que ainda não está concluído, para a grande escala, seria necessário muito investimento ou o apoio de uma fabricante interessada.

Via Yahoo Tecnologia

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *