Últimas

Deivid cita até Pelé para explicar tropeço do Fla e vice na Taça Guanabara

O auxiliar técnico Deivid não escondeu as falhas do Flamengo ao analisar o empate por 0 a 0 com o Nova Iguaçu, nesta quarta-feira, no Moacyrzão. O time teve uma atuação irregular e a punição terminou com a conquista da Taça Guanabara pelo Botafogo. Se o Rubro-negro esperava uma noite tranquila e feliz, terminou decepcionado e preocupado com a sequência do Campeonato Carioca.

Deivid comandou o Flamengo do banco de reservas em razão da punição ao técnico Vanderlei Luxemburgo por críticas à Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). O auxiliar citou até o Rei Pelé para explicar o tropeço.

“É muito triste. A taça estava em nossas mãos. Entramos e achamos que seria um jogo normal. Esquecemos que se tratava de uma conquista de título. Precisamos identificar isso. O Pelé sempre me disse uma coisa verdadeira. Ele fez mais de mil gols, pois se concentrava mais contra os pequenos do que contra os grandes”, afirmou.

“Não teve menosprezo ao Nova Iguaçu. Faltou atitude e valorizar o adversário. O tempo passou e a ansiedade cresceu. Sabíamos o resultado do jogo do Botafogo e o esporte tem dessas coisas. O futebol se ganha dentro das quatro linhas. Não adianta achar que é o maior”, completou.

O elenco do Flamengo permanece em Macaé e treina na manhã de quinta-feira. A comissão técnica corre para recuperar os lesionados para a primeira partida da semifinal do Campeonato Carioca contra o Vasco, domingo, às 16h, no Maracanã. O Rubro-negro tem a vantagem de dois empates para chegar à decisão da competição.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *