Últimas

DNA de argentina desaparecida na Espanha achado em triturador de carne

A Guarda Civil espanhola revelou nesta sexta-feira ter encontrado restos de DNA de uma argentina desaparecida perto de Madri desde o início de abril em um triturador de carne. Foto: Christophe Ena/Pool/AFP
A Guarda Civil espanhola revelou nesta sexta-feira ter encontrado restos de DNA de uma argentina desaparecida perto de Madri desde o início de abril em um triturador de carne. Foto: Christophe Ena/Pool/AFP

Madri (AFP) – A Guarda Civil espanhola revelou nesta sexta-feira ter encontrado restos de DNA de uma argentina desaparecida perto de Madri desde o início de abril em um triturador de carne.

A trituradora foi encontrada na casa onde a mulher desaparecida, identificada apenas como Adriana, alugava um quarto. O dono do lugar foi preso para interrogatório.

A investigação teve início depois que a mulher de 55 anos desapareceu em Majadahonda, um município de classe alta na periferia de Madri. O desaparecimento foi denunciado pelo irmão de Adriana.

O caso é destaque na imprensa espanhola, que fala de um possível assassino em série.

As autoridades desmentem essa informação, apesar de confirmarem ter aberto outra investigação sobre um segundo desaparecimento, o da tia do suspeito, de quem não se tem notícias desde 2010. 

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *