Últimas

EUA: Repórter e lenhador são piores empregos; analista de risco é o melhor

Repórter de jornal impresso é o pior emprego nos EUA em 2015, segundo lista elaborada pelo site de busca de empregos CarrerCast com 200 profissões. Entre as 10 piores também aparecem lenhador, cozinheiro, soldado e taxista.

Em 2014, repórter tinha aparecido como segundo colocado, enquanto lenhador foi considerado o pior.

Os critérios incluem fatores diversos, como salários, mas uma renda maior não significa que a profissão seja melhor. Os jornalistas ganham mais que os lenhadores, pela estimativa do estudo (US$ 36.267 anuais contra US$ 34.110), mas mesmo assim estão em pior situação geral

Clique aqui para conferir as 10 piores profissões em 2015.

Melhores profissões de 2015


Atuário, profissional que avalia e administra riscos (financeiros e para seguros), foi considerada a melhor profissão entre as analisadas. Ela pulou da quarta posição em 2014 para o topo do ranking. O salário anual estimado é US$ 94.209.

No ano passado, matemático foi eleito o melhor emprego. Em 2015, ele aparece em terceiro (com salário anual estimado de US$ 102.182)

Clique aqui para conferir as 10 melhores profissões em 2015.

Site leva em conta dados do governo

O CarrerCast analisa 200 profissões diferentes, baseado em quatro fatores: ambiente, renda, estresse e perspectiva.

São analisados diferentes aspectos, que recebem determinado número de pontos. Por exemplo, a demanda física da profissão recebe de 0 a 12 pontos, sendo 12 quando é alta.

Quanto mais pontos a profissão soma, pior é sua posição.

Os dados utilizados são do Bureau of Labor Statistics (escritório de estatísticas do trabalho), que faz parte do Departamento do Trabalho dos EUA, equivalente ao Ministério do Trabalho no Brasil.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *