Últimas

Exportação de soja sofre com restrição ao tráfego em Santos

Publicidade

Os embarques de soja no porto de Santos (SP) já são prejudicados pela restrição no acesso de caminhões à margem direita do terminal. A medida foi adotada nesta segunda-feira (6), devido a um incêndio na entrada do porto.

Segundo Daniel Furlan, gerente de economia da Abiove (Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais), as exportadoras não têm mais estoque suficiente para manter o ritmo habitual dos embarques.

Ele informou que as empresas que operam na margem direita do porto estão recebendo apenas 10% do volume diário habitual. Além da restrição no tráfego de caminhões, o abastecimento feito pelas ferrovias também está comprometido, pois os trens precisam reduzir a velocidade por segurança.

A queda no ritmo das exportações traz prejuízo para as empresas do setor. Por cada dia de atraso no embarque dos navios, os exportadores precisam pagar multa de US$ 15 mil a US$ 20 mil. A previsão é que os embarques comecem a voltar à normalidade no domingo.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *