Últimas

Footstats – Trio limpa amarelos, mas arbitragem revolta treinador palmeirense

Três dos quatro jogadores do Palmeiras que foram pendurados a campo neste sábado chegarão às quartas de final sem cartões. O goleiro Fernando Prass, o volante Arouca e o meia Dudu foram advertidos ao longo da vitória por 3 a 1 sobre o Mogi Mirim, mas a atuação da arbitragem irritou Oswaldo de Oliveira.

O treinador, que garantiu não ter pedido aos atletas para forçarem cartão, afirmou ter sido vítima de retaliação por uma crítica feita ao árbitro Luiz Vanderlei Martinucho, que em sua opinião estaria com dó do adversário. Segundo ele, depois disso, o quarto árbitro da partida, Antonio Rogério Batista do Prado, teria o instigado o tempo todo à beira do campo.

“Ele ficou incandescente, ficou dizendo ao árbitro que eu falei palavrão, para me botar para fora. Quiseram se vingar. Reclamei com educação e perguntei se estava com pena”, falou.O comportamento dos árbitros irritou mais Oswaldo do que o segundo cartão amarelo dado ao zagueiro Vitor Hugo (que havia conseguido limpar as advertências, mas chegará pendurado ao mata-mata) e supostas infrações não assinaladas, como um pênalti em cima de Dudu e uma defesa do goleiro com as mãos fora da área.

“Foi uma arbitragem descontrolada. O pênalti é um erro, pode acontecer. A mão do goleiro fora da área também. Agora, insistir nas faltas, ficar me instigando a errar, a xingar, para estimular o árbitro a me expulsar… O quatro árbitro me encarava, ficava falando coisas para mim. A federação deveria tomar cuidado com a qualidade da arbitragem. O árbitro e o quarto árbitro que estiveram aqui me pareceram despreparados”, criticou, ao reforçar não ter feito pedido algum ao quarteto pendurado.

“Coincidentemente, dos cinco (que foram advertidos), só o Lucas não estava pendurado. Acho que alguns se propuseram a levar, pode ser. Agora, eu não estimulei. Por autodefesa, acho que jogador faz isso. Acho que ninguém forçou cartão. Não aprovo esse tipo de coisa, jamais iria me dirigir a um jogador para forçar cartão”, jurou.

Forçadas ou não, as suspensões tirarão Fernando Prass, Arouca e Dudu do duelo de quarta-feira contra o Ituano, em Itu, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. O adversário do Palmeiras nas quartas de final será Botago ou Linense.

Fonte: Ig.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *