Últimas

Galvão Bueno esclarece título polêmico de livro: 'Não é revanche'

Galvão Bueno lança biografia no Rio de Janeiro (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)Galvão Bueno lança biografia no Rio de Janeiro (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)

Mais de trezentas pessoas receberam o carinho e o autógrafo de Galvão Bueno, na noite desta quinta-feira, 9, durante o lançamento da biografia “Fala, Galvão!”, realizada em uma livraria no bairro do Leblon, Zona Sul do Rio. Preocupado em atender cada leitor separadamente, o anfitrião da noite reservou alguns minutinhos do seu precioso tempo para conversar com os jornalistas.

Na entrevista, Galvão esclareceu sobre o título polêmico que segundo especulações, seria uam resposta ao bordão “Cala a boca, Galvão!”, que surgiu na última Copa do Mundo: “Sempre encarei todos os probelmas de frente, o ‘Cala boca ,Galvão!’ poderia ser terrível, foi o primeiro dia da Copa. Mas temos que ter o espírito esportivo sempre. Resolvi brincar com isso e virou um grande barato. Não é uma revanche. Tinham vários títulos, mas eu vivo de falar e me comunicar com as pessoas. O nome casou legal e cada um pensa o que quiser”, disse o jornalista e locutor esportivo da Rede Globo.

Ego nas redes sociais

Ele explicou ainda sobre o fato de ter um público tão fiel ainda que muitos não seja admiradores do seu trabalho:

“A palavra odiada eu nunca use, não gostoi. Sou polêmico. Tem muita gente que gosta de mim e muitos que não gostam. O meu maior orgulho profissional é saber que o número das pessoas que gostam é muito maior. Essa turnê de lançamento do livro pelo Brasil tem me mostrado isso, muito carinho das pessoas. É um grande prêmio que eu estou recebendo agora.”

Com carinho, Galvão relembrou os três maiores momentos esportivos que narrou para os telespectadores brasileiros: “O primeiro título do Ayrton Senna em 1988, no Japão, o tetracampeonato em 1994 e uma narração que me marcou também. Sou apaixonado por atletismo, por olimpíadas e teve uma corrida de revesamento nos jogos de Sidney que fomos prata”, destacou.

Galvão Bueno (Foto: Marcello Sá Barretto / AgNews)Galvão Bueno lança biografia no Rio

Sobre o que teria ficado de fora da biografia, o locutor esportivo foi categórico e contou que muitas foram as pessoas que fizeram parte da sua trajetória profissional:

“Queria contar uma história dos meus 41 anos de carreira, mas que fosse justa como todas as pessas que me ajudaram durante esse tempo todo. Televisão é algo coletivo, ninguém faz sozinho. Teve muita gente importante e fundamental nesse trabalho. Tive a preocupação de não deixar ninguém de fora. Hoje quando estava chegando aqui no Rio, de Salvador, escrevi mais três pedacinhos para três pessoas que merecem um espaço maior. Vamos colocar na reedição. Fechamos esse livro umas dez vezes até chegarmos aqui.”

Para os próximos projetos, Galvão – que tem como um dos seus divertimentos preparar vinhos no Rio Grande do Sul – disparou: “Falta muita coisa para fazer, tenho muito trabalho para fazer e vou trabalhar até o último dia da minha vida. Não sei exatamente fazendo o que, mas quero que Deus me dê saúde para que esse dia demore a chegar.”

Tino Marcos e Galvão Bueno no lançamento da biografia do locutor esportivo (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)Tino Marcos e Galvão Bueno no lançamento da biografia do locutor esportivo
Glenda Kozlowski no lançamento da biografia de Galvão Bueno no Rio (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)Glenda Kozlowski no lançamento da biografia de Galvão Bueno no Rio (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)
Carla Prata no lançamento da biografia de Galvão bueno no Rio (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)Carla Prata no lançamento da biografia de Galvão bueno no Rio (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)
Ex-BBB Fernando no lançamento da biografia de Galvão Bueno no Rio (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)Ex-BBB Fernando no lançamento da biografia de Galvão Bueno no Rio (Foto: Thyago Andrade/Fotorio News)

Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *