Irã diz que Obama é 'responsável' por respeito a acordo nuclear

Lisboa, 15 Abr 2015 (AFP) – O Irã cobrará do governo e do presidente americano a responsabilidade pelo cumprimento por parte dos Estados Unidos de um acordo final sobre o programa nuclear iraniano, independentemente do direito obtido pelo Congresso, advertiu nesta quarta-feira o ministro do Exterior quarta-feira Mohammad Javad Zarif .

“O governo americano tem a obrigação de implementar seus acordos internacionais”, afirmou Zarif a jornalistas em Lisboa. “Vamos cobrar do governo e do presidente americano a responsabilidade” pela aplicação dos tratados que assinam, acrescentou.

O ministro iraniano indicou que seu país irá estudar o projeto de lei do Senado americano “para ver se ele limita a capacidade do presidente” Barack Obama para “cumprir suas obrigações.”

A Comissão de Relações Exteriores do Senado dos Estados Unidos aprovou na terça-feira uma lei que daria direitos ao Congresso no caso de um acordo final sobre a questão nuclear iraniana. Inicialmente relutante, a Casa Branca finalmente apoiou o texto.

O projeto de lei foi bem recebido por Israel, inimigo do Irã e feroz opositor de qualquer compromisso com Teerã.

Quanto à decisão da Rússia de fornecer sistemas de mísseis terra-ar a Teerã, ela “não terá impacto sobre as negociações” sobre a questão nuclear, considerou o chefe da diplomacia iraniana, respondendo a perguntas de jornalistas após uma reunião com o seu colega português Rui Machete.

Moscou “tomou a decisão certa, temos um contrato com a Rússia, o que é perfeitamente legal”, acrescentou.

O presidente russo, Vladimir Putin, retirou na segunda-feira a proibição para o fornecimento de mísseis S-300 ao Irã, causando preocupação do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que expressou “grande preocupação”.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *