Últimas

Lateral pedido na seleção por Marcelo foi descoberto por ícone do Cruzeiro

Mayke chegou ao Cruzeiro em 2010, aos 17 anos, de forma bastante inusitada. Após boa atuação diante do Atlético-MG pelo Nova Geração, time de Carangola, sua cidade natal, localizada no interior de Minas Gerais, o lateral direito foi convidado por Careca, ex-centroavante da equipe de Belo Horizonte, para ir à Toca da Raposa. O ‘sim’ do garoto foi imediato. E ali o ícone do clube no passado descobriu um dos principais nomes da posição no Brasil.

Atacante cruzeirense nas décadas de 1980 e 1990, Careca, como Hamilton de Souza é conhecido, tornou-se observador técnico do Cruzeiro. Ele já passou pelo arquirrival Atlético como auxiliar técnico do time juvenil, onde apurou o olhar clínico para jovens atletas.

E dá para dizer que o achado de Careca foi fundamental para o bicampeão nacional. Nos dois primeiros anos nas categorias de base do novo clube, Mayke não decepcionou o seu descobridor. Titular da equipe, foi bicampeão brasileiro sub-20. Fato que se repetiu duas temporadas mais tarde, mas na condição de profissional.

O bom momento  faz com que o camisa 22 seja considerado um dos ícones da posição no país. Marcelo Oliveira, inclusive, crê que ele pode chegar à seleção brasileira. Recentemente, o treinador fez lobby por sua aparição entre os comandados de Dunga.

“Ele é um jogador muito bom, ótimo lateral, um dos melhores do Brasil. Se não é um excepcional marcador, marca muito bem na linha de quatro”, afirmou após o triunfo de seus comandados sobre o Universitario de Sucre.

E Mayke espera corresponder o desejo do técnico de vê-lo na seleção brasileira. Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, o lateral direito demonstra gratidão pelos elogios do comandante e destaca o sonho de ‘servir o país’ de chuteiras.

“Eu fico muito feliz por receber um elogio de um cara que tanto me ajudou no futebol e por quem eu tenho uma grande admiração. Isso só me motiva a trabalhar e me doar ainda mais nos treinos e nos jogos. Lógico que servir o seu país é o grande sonho de todo jogador, e comigo não é diferente. Espero um dia poder corresponder essa expectativa do Marcelo”, disse por meio de sua assessoria de imprensa.

“Eu trabalho para me consolidar aqui no Brasil. Historicamente, temos ótimas referências e podemos dizer que contamos com uma safra boa para a posição. Espero poder continuar me destacando para me firmar aqui no Cruzeiro e ajudar o clube a conquistar seus objetivos na temporada”, acrescentou.

Embora esteja entre os prediletos de Marcelo Oliveira para assumir a condição de selecionável, Mayke passou por um momento de oscilação nesta temporada, o qual foi superado em suas últimas exibições. O atleta negligencia o início ruim e se apega à atual fase para seguir em alta.

“Tiveram alguns fatores que me atrapalharam um pouco, mas isso é página virada. Estou muito feliz com a minha evolução nos últimos jogos e pretendo melhorar muito mais para ajudar o Cruzeiro”, concluiu.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *