Lava Jato: MPF denuncia Vaccari por lavagem de dinheiro

O MPF (Ministério Público Federal) denunciou o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o ex-diretor de serviços da Petrobras, Renato Duque, por lavagem de dinheiro, nesta segunda-feira. A acusação foi feita pelos procuradores que fazem parte da força-tarefa da Operação Lava Jato.

O dono da Setal Engenharia, Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, também foi denunciado nesta segunda-feira.

Segundo a denúncia, uma parte da propina paga Renato Duque foi direcionada por empresas do Grupo Setal Oleo e Gás para a Editora Gráfica Atitude Ltda. Há indicativos de que a gráfica tem ligações com o PT.

Cunhada é solta

A cunhada do ex-tesoureiro do PT, Marice Corrêa de Lima, deixou a sede da Polícia Federal em Curitiba, na última quinta-feira, dia 23, após ficar uma semana presa.

Presa na 12ª fase da Operação Lava Jato, Marice prestou depoimento à PF na segunda-feira, durante cerca de duas horas. A cunhada do petista negou ter recebido propina do doleiro Alberto Youssef. 

A soltura foi determinada hoje de manhã pelo juiz federal Sérgio Moro. Segundo ele, houve uma confusão na identificação da pessoa que aparece realizando um depósito na conta de Giselda Rousie de Lima, que é irmã de Marice.

Pedido de liberdade

Na última terça-feira, dia 21, o TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) negou o pedido de liberdade de Vaccari. Preso em São Paulo pela Polícia Federal, o tesoureiro afastado do PT foi levado para Curitiba no dia 15 de abril, durante a 12ª etapa da Operação Lava Jato.

Ao analisar o pedido de liminar, o desembargador federal João Paulo Gebran Neto, relator do caso da operação Lava Jato no TRF4, entendeu que não existiu ilegalidade no decreto de prisão que justifique sua revisão, antes do exame mais apurado do tribunal.

No pedido de habeas corpus, a defesa de Vaccari alegou que a prisão foi feita com base em informações obtidas apenas por declarações feitas em delação premiada, sem qualquer outra prova. 

Fonte: Band.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *