Últimas

Na China, o futebol será uma disciplina obrigatória para mais de 200 milhões de crianças

Desde o primário as crianças aprenderam na escola as táticas e estratégias do esporte, com o apoio da Fundação Marcet os chineses esperam reformular o futebol nacional

O governo chinês quer tornar o futebol uma disciplina obrigatória em todas as escolas do país. Dessa forma, mais de 200 milhões de crianças receberão livros didáticos do ensino primário e secundário. Nos livros, será explicado as táticas e estratégias do esporte. No país também está prevista para 2017 a criação de aproximadamente 20 mil escolas de futebol para treinar mais de 100 mil jogadores profissionais.

A lei recentemente aprovada pela Comissão inclui um plano para a reforma que abrange todo o futebol nacional. Por meio de um comunicado, a Fundação Marcet, uma das principais instituições para o ensino do de futebol ao redor do mundo, explicou como o gigante asiático vai alcançar seus objetivos.

“O que eles precisam nos países asiáticos é basicamente uma simples repetição mecânica de gestos e um modelo”, disse José Ignacio Marcet, presidente da Fundação Marcet, escola de futebol com presença em mais de 25 países.

“Eles precisam de nosso ‘know how’. Eles sabem como começar a desenvolver a inteligência no futebol, como melhorar a sua tomada de decisão no campo. Isso é o que eles precisam e é o que nós já conseguimos transmitir com sucesso na Coreia Norte”, argumentou.

Depois dos jogadores trabalharem com a Fundação Marcet durante um ano em Barcelona, a equipe nacional da Coreia do Norte conseguiu vencer pela primeira vez no Campeonato Asiático Sub-16 no ano passado. “A chave tem sido a de transformar um mero malabarista com a bola em um jogador de futebol completo”, concluiu Marcet.


Fonte: Goal.com Matéria retirada do site Goal

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *