Últimas

Os cinco paises com mais vulcões ativos

BBC Mundo

Chile tem ao menos 95 vulcões em atividade, segundo especialistas da área

Após ficar quatro décadas adormecido, o vulcão Calbuco, no sul do Chile, entrou em erupção de forma inesperada.

A coluna de cinzas expelidas obrigou as autoridades a declarar alerta vermelho e retirar mais de quatro mil pessoas da região.

Mas apesar da erupção ter sido descrita como inesperada, ela não é totalmente surpreendente, se levarmos em conta que o Chile é um dos países com mais vulcões ativos.

Especialistas ouvidos pela BBC Mundo afirmaram que devido a fatores relacionados a erupções – como sua intensidade e a proximidade de áreas povoadas – é impossível elaborar uma lista dos vulcões mais perigosos.

Eles reuniram numa lista os cinco países com mais vulcões ativos:

Chile

Calcula-se que o Chile tenha 95 vulcões em atividade. Atualmente, os mais ativos estão em Villarica, no sul, cuja erupção mais recente ocorreu em março deste ano. O Copahue fica na fronteira com a província de Neuquén, na Argentina, e continua lançando gases e cinzas ocasionalmente.

Outros vulcões também entraram em atividade recentemente, como por exemplo, o Puyehue-cordón del Caulle, que teve uma grande erupção em 2011, e o Chaitén, que se tornou ativo em 2008.

Segundo a vulcanóloga Amy Donovan, da Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, também é importante mencionar o vulcão Láscar, no deserto do Atacama, no norte do país – que iniciou uma nova etapa de erupções em 2006.

Toda essa atividade, segundo Donovan, fez com que os organismos de vigilância aumentassem o monitoramento dos vulcões nos últimos anos.

Indonésia

Calcula-se que a Indonésia tenha 120 vulcões ativos, entre eles o monte Merapi

Especialistas dizem que há 120 vulcões ativos na Indonésia. O monte Merapi, a 400 quilômetros da capital Jacarta, um dos mais ativos, é monitorado de perto.

O monte Sinabung, no norte de Sumatra, por exemplo, registrou uma erupção no início de abril.

Na Indonésia também ocorreu uma das maiores erupções vulcânicas já registradas: a do vulcão Tambora, ocorrida em 1815. As cinzas lançadas alcançaram uma altura de 30 quilômetros e chegaram a afetar plantações na Europa.

Estados Unidos

Cerca de 130 vulcões ativos seriam monitorados constantemente por autoridades americanas.

Mas a decisão de monitorar ou não um vulcão, segundo Donovan, é um tema difícil.

“Financiar o monitoramento de um vulcão, em qualquer país, pode ser uma decisão controversa”, disse ela. “Isso porque as erupções são muito raras. Você pode monitorar um vulcão por milhares de anos sem ver uma erupção”.

No Havaí, nos Estados Unidos, fica o vulcão Kilauea, o mais ativo do arquipélago e um dos mais ativos do mundo – que está “vibrando” desde 1993.

Os Estados Unidos também abrigam o Monte Santa Helena, no Estado de Washington, famoso por sua devastadora erupção em 1980 que deixou 57 mortos.

Japão

O Japão é lugar de um grande número de vulcões ativos. Segundo afirmou Bill McGuire, professor emérito de Geofísica e Perigos Climáticos da University College de Londres, o país tem 66 vulcões.

“Entre eles se inclui o monte Fugi, que pode entrar em erupção em um tempo relativamente curto”.

O Sakurajima é outro vulcão ativo, localizado na região de Kagoshima, no sul da ilha de Kyushu. Devido à sua atividade, as autoridades alertaram para que as pessoas se mantenham distantes dele.

Outro vulcão é o monte Ontake. Segundo mais alto do país, na região central, ele entrou em erupção em setembro de 2014, deixando mais de 30 mortos e dezenas de feridos.

Rússia

Na Rússia, a maioria dos vulcões ativos estão concentrados na península de Kamtchatka, na Sibéria, na rerião mais oriental do país.

Um dos maiores e mais ativos é o Shiveluch, conhecido pela violência de suas erupções.

Outros é o Plosky Tolbachik, que depois de ficar adormecido desde 1976, entrou repentinamente em atividade em 2012.

Apesar de listarem esses cinco países, os especialistas afirmam que devido à falta de investigações sobre a história de muitos vulcões, é muito difícil saber quantos estão ativos.

Isso também faz com que listas elaboradas por diversas organizações sejam por vezes incompletas – o que ocasiona também divergências em cifras.

Os especialistas também dizem que apesar de não figurarem na lista, Filipinas e México também tem grande quantidade de vulcões ativos.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *