Últimas

Palmeirenses criam roupas e lambe-lambes em homenagem ao time de SP

Publicidade

Zinho, aos 36 minutos do primeiro tempo. Evair e Edílson, aos 29 e 38 do segundo. E novamente Evair, aos 10 da primeira metade da prorrogação, quando acertou o penâlti. Muitas pessoas não sabem do que se trata, mas esses foram os quatro gols que o Palmeiras fez em cima do Corinthians, na final do Paulista em 1993, quebrando um jejum de 16 anos de grandes títulos. E são esses nomes e números que estão numa das camisetas vendidas pelos irmãos Fernando, 32, e Franco Sciarra, 29, torcedores palestrinos e criadores do site Espírito de Porco.

Espírito de porco

Desde agosto de 2014 no ar, o site inicialmente disponibilizou 150 camisetas, divididas em 5 estampas —a que tem os autores dos gols do título de 1993 já está esgotada. Em meados de março, a dupla passou a vender também lambe-lambes e bolachas de bar.

A primeira investida da dupla foi a produção de seis peças com a estampa dos gols. Duas ficaram com eles, outras duas foram para amigos e as duas remanescentes foram dadas para o jornalista, colunista da Folha e palmeirense Paulo Vinícius Coelho e para Evair, ex-jogador autor dos gols do título de 1993.

Mesmo incomodados com a qualidade das roupas vendidas com a logomarca do time paulistano e parabenizados pela estampa criada, o que fez os irmãos Sciarra darem o pontapé na produção de mais peças foi a lei.

“Viajamos para ver um jogo em Sorocaba e, não sei como, levamos uma multa de R$ 570”, conta o designer Fernando. “Aí pensamos: vamos fazer mais camisetas e, com o dinheiro, pagamos a multa e a quantia que sobrar a gente banca viagem, rojão e cerveja.”

Quando os produtos já estavam à venda, Fernando e Franco ofereceram, como alternativa aos correios, a entrega no estádio. “É um jeito de incentivar o torcedor a ir a campo e também para estimular esse contato entre palmeirenses com gostos semelhantes”, explica o designer.

Também fotógrafo, Fernando divide o trabalho de criação das estampas e dos produtos com o irmão, professor de educação infantil. “Apesar de sermos parecidos, as pessoas procuram mais o Franco no estádio. É como um relações públicas.”

Para as próximas semanas, o site deve disponibilizar oito novas opções de camisetas, sendo quatro reeditadas, com tecido e acabamento melhores. Além disso, duas estampas terão versões femininas e infantis.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *