Últimas

Policial atropelado durante tiroteio perto do Jockey morre em São Paulo

Publicidade

Morreu na manhã desta quarta-feira (1º) o policial militar que foi atropelado durante um confronto com bandidos no último dia 17 na região do Jardim Everest, próximo ao Jockey Club, na zona oeste de São Paulo. Outras duas pessoas também ficaram feridas na ocasião e um suspeito foi morto na troca de tiros.

O soldado Geraldo Siqueira estava internado em estado grave, na UTI do Hospital das Clínicas, desde o atropelamento. Segundo a assessoria do hospital, ele morreu por volta das 8h40. A PM disse ainda não ter informações sobre velório e enterro do policial.

O PM foi atropelado quando participava de uma blitz na avenida Lineu de Paula Machado. Os bandidos estavam em dois carros, que furaram o bloqueio, e atiraram em direção aos policiais, que revidaram.

Um bandido foi baleado e morto no interior do Jockey, segundo a polícia. Um outro foi baleado do lado de fora do estabelecimento e socorrido ao Hospital Metropolitano. Um terceiro criminoso foi detido sem ferimentos. Os outros três conseguiram fugir.

A rádio Antena 1, que funciona perto ao local do tiroteio, afirmou que um dos disparos atingiu uma vidraça e feriu um operador de 24 anos. O rapaz foi levado por outros funcionários ao Hospital São Luís. A PM afirmou que ele foi ferido na mão pelo tiro e na cabeça por estilhaços, mas sem gravidade.

Na mesma região, houve uma outra perseguição policial que terminou com duas pessoas mortas no final de fevereiro. Entre os mortos está o motorista de um carro, que teria sido abordado pelos criminosos durante a fuga e um suspeito. Um outro motorista também ficou ferido.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *