Últimas

'Tagger' da Netflix vê filmes e séries e os avalia minuciosamente

Publicidade

Ser pago para assistir a filmes e séries é, em resumo, a atividade dos “taggers” do serviço Netflix. O emprego dos sonhos, porém, pode demandar que se veja longos documentários e filmes obscuros.

À revista “Time” um “tagger” explicou como funciona o trabalho. Ele recebe semanalmente um número de títulos para assistir —tarefa que pode tomar de duas a 20 horas.

Depois, leva mais ou menos uma hora para preencher uma ficha classificando aquilo que viu. Ele deve colocar ali o nível de humor da produção, se há elementos de rebeldia, se é uma trama leve. E por aí vai.

Saeed Adyani
Kyle Chandler e Ben Mendelsohn na série da Netflix 'Bloodline
Kyle Chandler e Ben Mendelsohn na série da Netflix ‘Bloodline’

Uma “tagger” canadense contou ao “Toronto Sun” que o questionário é bastante minucioso. “Quão fortes são as personagens femininas? Há algo profano? As pessoas fumam?”

Os “taggers” não podem revelar seu salário. Em 2012, o jornal “Los Angeles Times” estimou que, à época, ganhariam “várias centenas de dólares” por semana. Informações sobre a vaga estão disponíveis no site do serviço.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *