Últimas

Bolívia captura ex-assessor presidencial peruano perto da fronteira com Brasil

LA PAZ/LIMA (Reuters) – O ex-assessor presidencial peruano Martín Belaunde foi capturado nesta quinta-feira no norte da Bolívia, perto da fronteira com o Brasil, depois de fugir no domingo de sua prisão domiciliar em La Paz enquanto aguardava extradição a Lima por acusações de corrupção.

Belaunde, um empresário que enfrenta uma ordem internacional de prisão por peculato e formação de quadrilha, fugiu no domingo, apesar de contar com custódia oficial, o que provocou reviravolta no governo da Bolívia e levou à renúncia de um ministro e do chefe da polícia.

O ministro de governo da Bolívia, Carlos Romero, afirmou em entrevista coletiva que a captura do ex-assessor ocorreu à tarde na localidade de Magdalena, na região amazônica de Beni, na área de fronteira com o Brasil.

“O senhor Belaunde foi encontrado em perfeitas condições de saúde, ele não está ferido, não está machucado, não tem nem mesmo um arranhão que indique que tenha sido submetido a pressão, violência ou qualquer coisa do tipo”, disse o ministro.

O ex-assessor do presidente do Peru, Ollanta Humala, disse na terça-feira por telefone a um canal de televisão peruano que havia sido sequestrado por desconhecidos e que escapou horas depois num carro em movimento, se ferindo.

Belaunde chegou em dezembro à Bolívia em busca de asilo político, negado pelo governo boliviano. O Peru afirmou que autoridades viajarão nas próximas horas à Bolívia para receber Belaunde na sexta-feira.

(Reportagem de Marco Aquino, em Lima; e de Daniel Ramos, em La Paz)

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *