Últimas

Chuvas inundam o Túnel de Abolição

Motoristas, impedidos de seguir o trajeto, enviaram imagens do local para o Facebook do Diario de Pernambuco. Foto: Reprodução/ Facebook
Motoristas, impedidos de seguir o trajeto, enviaram imagens do local para o Facebook do Diario de Pernambuco. Foto: Reprodução/ Facebook

O Túnel da Abolição, no bairro da Madalena, amanheceu inundado após as chuvas que atingem o Recife desde a madrugada desta quinta-feira. Motoristas, impedidos de seguir o trajeto, enviaram imagens do local para o Facebook do Diario de Pernambuco.
As obras do túnel, iniciadas em 2013, foram liberadas no dia 12 de abril deste ano. A inauguração foi adiada por seis vezes. Os trabalhos, orçados em R$ 16 milhões, fazem parte do Corredor Leste/Oeste e do pacote de mobilidade para a Copa do Mundo.

Foto: Reprodução/ WhatsApp
Foto: Reprodução/ WhatsApp

Dias após a inauguração, o túnel apresentou infiltrações nas paredes internas, que preocuparam especialistas. Uma comissão formada por três órgãos recomendou a injeção de resinas de poliuretano nos vazios das paredes internas, por onde a água escorre. Cerca de 800 litros de resina de poliuretano foram injetados para estancar a água, num trabalho de impermeabilização.

Com a obra de mobilidade urbana, uma média de 8.250 veículos passam no cruzamento entre a Real da Torre e a Rua Benfica por hora. Antes, a média era de 4.620 carros por hora.

O atraso na entrega da obra trouxe reflexos para o trânsito e a economia do bairro. O assunto chegou a ser discutido em audiência pública realizada na Câmara Municipal do Recife. O prejuízo no comércio local foi reconhecido pela Secretaria das Cidades.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *