Últimas

Com zagueiro "herói" de 2014, Cruzeiro reedita defesa invicta na temporada

Promovido ao time também por conta das apresentações abaixo do esperado de Paulo André, o zagueiro Manoel vai começar uma nova partida da Libertadores como titular do Cruzeiro. No último duelo pelo torneio continental, o jogador também formou dupla defensiva ao lado de Léo, nos 2 a 0 aplicados sobre o Universitario Sucre, no Mineirão. Ao todo, o miolo de zaga atuou por outras duas vezes em 2015: no empate contra o Mamoré (1 a 1) e na vitória diante da URT (2 a 0), ambos no mês de março.

“Tivemos uma semana boa de trabalho, com a presença do Manoel, meu novo companheiro entre aspas. A gente jogou o último jogo juntos e fizemos uma boa partida. Estamos nos entendendo cada vez mais, treinando juntos e evoluindo esse entrosamento para fazer um bom jogo e termos êxito (contra o São Paulo)”, comentou Léo.

Como foi contratado somente após a Libertadores do ano passado, Manoel disputou o torneio pelo Atlético-PR e foi um dos responsáveis por manter o time na competição. Ainda na primeira fase, o zagueiro marcou um dos gols diante do Sporting Cristal, que levou a decisão para os pênaltis e  classificou o Furacão à fase de grupos. Hoje no Cruzeiro, a nova oportunidade no time principal serve como motivação para o atleta dar seguimento às boas apresentações, além de buscar repetir o feito do ano passado e balançar as redes na Libertadores, agora com a camisa mineira.

“Tomara que eu faça gol de novo, como daquela vez. Se tiver uma oportunidade, vou estar preparado, venho treinando forte. Se por acaso eu fizer o gol, vou dedicar aos companheiros, porque só a gente sabe como sofremos e o que tivemos que ouvir nesta última semana. Somos uma equipe forte e unida, se tiver a chance de marcar, o gol vai para eles”, comentou Manoel.

Para a partida contra o São Paulo, Marcelo Oliveira ainda tem algumas dúvidas no time titular. Apesar de já ter confirmado o setor defensivo, o treinador ainda não sabe se escolherá Willian (favorito) ou Gabriel Xavier para ocupar uma vaga no meio-campo. No ataque, a ‘resposta’ de Leandro Damião durante a fase final de tratamento de uma lesão na coxa será essencial para o treinador optar pelo artilheiro ou começar o jogo com Henrique Dourado.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *