Últimas

DF muda sistema de visitas na Papuda

sábado, 30 de maio de 2015 – 16h46

Atualizado em
sábado, 30 de maio de 2015 – 16h46

Não é mais necessário ir até a penitenciária realizar cadastro; cada preso tem direito a 10 visitantes


Familiares próximos a penitenciária da Papuda / Wilson Dias/ Antonio Cruz / ABr Familiares próximos a penitenciária da Papuda
Wilson Dias/ Antonio Cruz / ABr

A partir deste sábado (30) quem for visitar presos de regime fechado do Sistema Penitenciário da Papuda pode se cadastrar no posto Na Hora do Riacho Fundo 1. 

Para a presidente da Associação de Familiares e Amigos dos Apenados do Distrito Federal, Nina Barros, essa mudança para os visitantes é pequena.

Segundo o subsecretário do Sistema Penitenciário do Distrito Federal, João Carlos Couto, cada preso tem direito a cadastrar dez pessoas como visitantes. Este cadastro, até sexta-feira (29), era feito apenas na própria penitenciária.

De acordo com Nina Barros, a maior dificuldade enfrentada hoje pelos visitantes é ter que esperar por até dois dias na fila para obter a senha que permite a visita ao apenado. Quem chega antes, pode pegar as primeiras senhas e aproveitar mais tempo no presídio. “A gente dorme na fila para conseguir uma senha e entrar mais cedo. A visita é na quarta, mas tem gente que chega na segunda.”

O subsecretário João Carlos Couto disse que este problema é o próximo a ser resolvido. Segundo ele, em aproximadamente 60 dias a secretaria vai criar o sistema online que vai permitirá aos visitantes obterem a senha em casa ou nos postos Na Hora.

De acordo com Couto,  as penitenciárias do Distrito Federal 1 e 2, de regime fechado do complexo da Papuda, recebem cerca de mil visitantes por dia e 100 pessoas por hora.



Fonte: Band.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *