Últimas

Diretor da McLaren critica "expectativas erradas" criadas sobre o carro

Diretor de corridas da McLaren, Eric Boullier rebateu as críticas que o carro de sua equipe recebeu. Para ele, as expectativas sobre o time estavam erradas, uma vez que muitos achavam que o retorno da Honda para a Fórmula 1 seria um sucesso logo de cara.

“Ninguém aqui está feliz com nossa posição de largada, tampouco com os resultados de corrida que tivemos, mas isso é o que temos”, declarou Boulier em entrevista a Autosport. Apesar da frustração, o diretor da McLaren acredita que a equipe seguirá evoluindo e pode chegar no patamar de Ferreri e Mercedes.

Tanto Fernando Alonso quanto Jenson Button têm convivido com problemas no carro durante as primeiras quatro corridas da temporada, sendo o principal deles a unidade de potência da Honda.

“Nenhum dos nossos pilotos está feliz com a situação, mas eles estão felizes com o que enxergam no futuro. Posso assegurar que a atmosfera do time está fantástica, todo mundo trabalhando duro e com muito comprometimento”, afirmou Boullier.

“A pior coisa que se pode acontecer é expectativas erradas. As pessoas esperavam que a Honda iria voltar a fazer parceria com a McLaren e venceria tudo, mas essas expectativas estavam erradas”, complementou o diretor da equipe de Woking.

Boullier lembrou que mesmo a Mercedes não conseguiu chegar ao topo de uma hora para outra. “Depois da Brawn GP, a Mercedes levou quatro anos para criar a estrutura. O mesmo aconteceu com a Red Bull, é um ciclo normal nas corridas automotivas. Não estou dizendo que vamos levar quatro anos, mas as coisas acontecem do jeito que têm que acontecer”.

Mesmo com os resultados ruins nesse começo de 2015, a equipe britânica aposta na evolução para o futuro. “Estamos trabalhando a longo prazo, em um time de ponta como a McLaren é. Temos alguns passos a dar até chegar neste estágio, pois experiência não é algo que se compre”, finalizou Boullier.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *