Últimas

Estafe de Guerrero confirma saída do jogador do Corinthians

A equipe que comanda a carreira de Paolo Guerreiro confirmou que o jogador não seguirá no Corinthians. Um dia depois de o presidente do clube, Roberto Andrade, deixar claro que as dificuldades de permanência impossibilitavam a permanência do atacante, uma nota oficial sacramentou a decisão.

Na nota assinada pela OTB Sports, os empresários reiteram as afirmações de Andrade e dizem que foi feito o possível para “chegarem a um acordo comercial”. “Infelizmente, não foi possível”, explicam.

Guerrero segue no clube cumprindo o contrato vigente até o próximo dia 15 de julho e, de acordo com a OTB, “seguirá atuando com o mesmo empenho e dedicação que manteve ao longo dos últimos três anos”.

O Corinthians abriu negociação com o estafe de Guerrero desde o ano passado. Foram diversas tentativas para um acordo, mas sempre sem sucesso. Para estender o vínculo, os representantes do jogador pedem R$ 18 milhões em luvas (bonificação pelo acerto), além de salários de R$ 500 mil. Guerrero ganha pouco mais de R$ 300 mil atualmente. A maior oferta feita a ele foi do presidente Mário Gobbi, no fim do ano passado, em aproximadamente R$ 13 milhões à vista. Hoje, nem isso mais se aceita pagar.

O longo impasse de Guerrero e Corinthians rendeu críticas do superintendente do clube, Andrés Sanchez. Indagado sobre a pedida de Guerrero, o dirigente avisou que pelo valor proposto ele teria livre caminho para times rivais. “Que vá para o Palmeiras, Flamengo, São Paulo, ou qualquer outro clube”, disse Andrés, em entrevista à TV Gazeta. Roberto de Andrade analisou a declaração.

“O Andrés é um pouco mais claro que eu sou. O que pensa, ele fala. Posso até falar o que penso, mas posso pensar um pouco mais. Mas ele não está errado, é mais objetivo. Quando o Andrés disse isso, estava com conclusão feita”, declarou Roberto de Andrade.

Confira a nota completa:

A OTB SPORTS, dos sócios Bruno Paiva, Marcelo Goldfarb e Marcelo Robalinho, e do diretor executivo Fernando Paiva, se faz da presente para reiterar as afirmações do presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, em coletiva prestada nesta sexta (22/05), no CT Joaquim Grava.

OTB SPORTS e SCCP, na figura de seu presidente, fizeram o possível para chegarem a um acordo comercial e sacramentarem a permanência de Paolo Guerrero no clube. Infelizmente não foi possível.

O atleta cumprirá seu contrato com o SCCP até 15 de julho de 2015 e seguirá atuando com o mesmo empenho e dedicação que manteve ao longo dos últimos três anos.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *