Últimas

Estreia de 'Masterchef' tem humor, críticas e filha de famoso aprovada

Rio – O “Masterchef” estreou a segunda temporada na noite de terça-feira e o programa teve as esperadas críticas dos jurados, mas também contou com diversos momentos de bom humor e a filha de um famoso na lista de aprovados. Como na primeira temporada, a apresentação da atração é de Ana Paula Padrão e os jurados são Henrique Fogaça, Paolla Carosella e Erick Jacquin.

Para abrir o programa, um clipe mostrou imagens do que iria acontecer na competição e, pelo visto, os participantes terão desafios pela frente como depenar uma galinha e lidar com um porco vivo. Erick Jacquin e Henrique Fogaça logo mostraram o seu estilo. “Seja o melhor ou volte para casa”, disse o dono do Sal. “O caminho até a final não vai ser fácil, e eu não vou ajudar ninguém”, comentou o francês. Apesar do estilo “durão”, o programa reservou diversos momentos engraçados com jurados e competidores.


Henrique Fogaça, Paola Caarosella e Erick Jacquin apresentam a segunda temporada do Masterchef

Foto:  Reprodução

Primeira prova

Para começar, os concorrentes teriam 50 minutos para cozinhar um prato com seus próprios ingredientes. Eles teriam mais cinco minutos para finalizar e montar o prato diante dos jurados. Quem conseguisse ao menos duas respostas positivas de Fogaça, Jacquin ou Paola, ganharia um avental e avançaria à próxima fase. Foram 12 selecionados no primeiro programa.

Comentários e bom humor

Na primeira temporada, os jurados ganharam fama pela exigência e também pela maneira firme de criticar os pratos. Neste primeiro programa, as críticas continuaram, mas o clima foi mais leve e o trio pareceu bem à vontade no comando.

Logo no começo, por exemplo, uma das concorrentes optou por cozinhar um polvo. Qual o nome do seu prato, os jurados perguntaram para Larissa. Ela titubeou e o batizou de “Polvo Saboroso”. Jacquin não perdoou: “Pode ser que eu mude o nome do seu prato para ‘Polvo Péssimo'”. Mas, depois da brincadeira e do “não” do francês, Larissa foi aprovada com o “sim” de Fogaça e Paola.

Depois, foi a vez de Cristiano fazer uma moqueca de arraia e chamar a atenção. Paola mostrou o lado sentimental e disse que a comida do baiano a emocionava. O clima não durou muito. “Vamos voltar para a realidade”, disse Jacquin, com sua já conhecida cara fechada. Fogaça quebrou de vez o gelo e pediu que o concorrente jogasse capoeira. Ele aceitou e acabou com um avental. Mais uma vez, Jacquin não conseguiu se segurar. “Vou lutar sumo e vou entrar no Masterchef”, comentou.

E foi do chef francês mais um momento descontraído. O italiano Francesco apostou em um peixe para conquistar a vaga. Na hora de montar o prato, ele colocou um pedaço pequeno do peixe e Jacquin, primeiro a experimentar, comeu praticamente tudo. Francesco ficou surpreso e meio sem reação. Jacquin respondeu que era ele quem tinha feito um prato pequeno e continou comendo. Paola teve que experimentar direto da assadeira. Depois, todos elogiaram o sabor do prato e aprovaram o cozinheiro italiano.

“Sonho virou pesadelo para gente”

Mas durante o programa os jurados também criticaram. E como! Uma das vítimas foi Clara, que fez um hambúrguer muito grande que deu trabalho para que os jurados experimentassem. O gosto também não agradou. “Tem dois tipos de comida. A boa e a ruim. Essa é a ruim”, sentenciou Jacquin. “Se fosse um concurso de hamburgueres diferentes bizarros seria legal, mas você se iludiu um pouco. Seu sonho virou um pesadelo para gente”, comentou Fogaça.

Outra quem não agradou em nada foi Deise, que fez canapés e um coquetel sem álcool. A escolha da concorrente já destoou de todo o programa, mas ela se apresentou mesmo assim e foi reprovada. “Estou com vontade de chorar”, “coisa mais bizarra da minha vida” e “de outro mundo” foram os comentários dos jurados.

Filha de famoso

O elenco da atual temporada do Masterchef ainda conta com um sobrenome conhecido. Aritana é filha de Oscar Maroni e logo que entrou no estúdio, Fogaça ressaltou a sua semelhança com o pai.

Aritana ainda surpreendeu os jurados ao contar que já matou um boi e isso virou motivo para brincadeira. “Você matou um boi e está com medo de mim”, disse Fogaça ao experimentar o prato que ela havia preparado. Brincadeiras a parte, ela foi mais uma das aprovadas.

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *