Últimas

Ferroviários de São Paulo rejeitam proposta, mas adiam greve para 3 de junho

O Sindicato dos Ferroviários decidiu adiar para o próximo dia 3 a greve inicialmente marcada para a zero hora de amanhã (27). A categoria também decidiu, na assembleia realizada no início da noite de hoje (26), rejeitar a última proposta feita pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPMT).

Uma nova rodada de negociações está agendada para a próxima terça-feira (2) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). A última proposta da CPTM foi 6,65% de reajuste salarial referente ao IPC/Fipe, mais 1% sobre salários e benefícios. O Tribunal propõe 6,65% e mais 1,5% de produtividade. A categoria reivindica 7,89% de reajuste salarial mais 10% de aumento real.

Caso a categoria decida entrar em greve no próximo dia 3, a Justiça já determinou que não poderá ocorrer a liberação de catracas e que, nos horários de pico (das 4h às 10h e das 16h às 21h), 90% do efetivo de maquinistas e de 70% nas demais atividades deverão trabalhar. Fora do horário considerado de maior movimento, foi estabelecido que 60% dos trabalhadores continuem nas atividades.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *