Últimas

Figueirense e Vasco criam boas chances mas não saem do zero a zero

Santa Catarina – Vindo de dois empates seguidos após o título no Campeonato Carioca, o Vasco acordou cedo, neste domingo, para visitar o Figueirense pela segunda rodada do Brasileirão. No Orlando Scarpeli, o Cruzmaltino criou boas chances para marcar mas não conseguiu movimentar o placar. A equipe de Santa Catarina equilibrou as ações na segunda etapa, mas também não foi feliz. Melhor para os goleiros, Martín Silva e Alex Muralha, que fizeram boas defesas

Com o empate, o Vasco agora soma dois pontos, ocupando o nono lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série A. O Figueirense marcou o seu primeiro ponto na competição, na 16ª colocação.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Internacional, sábado, em São Januário, às 18h30. No mesmo dia, o Figueirense visita o Grêmio, em Porto Alegre, às 21h.

O Figueirense segue invicto no Scarpelli em 2015; são 11 vitórias e 3 empates. O Vasco mantém uma invencibilidade de nove jogos, a maior entre os clubes da Série A. Última derrota cruzmaltina foi no dia 5 de abril, para o Friburguense, pelo Carioca.

O JOGO

O primeiro tempo teve mais lances de perigo para o Vasco. Logo com um minuto e meio, Julio dos Santos acionou Madson pela direita. O lateral partiu em velocidade e cruzou da linha de fundo. Rafael Silva, como uma flecha, voou para cabecear. Mas o goleiro Alex Muralha efetuou uma bela defesa, mandando para escanteio.

A resposta do Figueira veio com Everaldo. Depois de boa jogada de Clayton, o atacante recebeu o cruzamento por baixo e tentou mandar de letra. Mas Martín Silva estava atento e fez a defesa. Com mais posse de bola, o Vasco criava boas jogadas.

Em uma delas, Christiano cruzou para Rafael Silva. O atacante dominou livre, dentro da área, e mandou uma bomba por cima da baliza do goleiro do Figueirense. Aos 35 minutos, foi a vez de Gilberto quase marcar.

Christiano partiu em velocidade pela esquerda e cruzou para o camisa 9, que penetrava na área em velocidade. Mas o chute não saiu legal e o goleiro Alex Muralha mandou para escanteio. O arqueiro do Figueira ainda evitou mais uma tentativa do Cruzmaltino, desta vez com Dagoberto.

O meia recebeu na intermediária, limpou a marcação, e mandou de fora da área. Alex Muralha teve que se esticar para salvar, de mão trocada, no seu ângulo direito. Com mais volume de jogo, Rafael Silva teve mais uma chance pelo Vasco.

Gilberto chutou de longe, a bola explodiu na zaga e sobrou para Rafael Silva. O atacante driblou o zagueiro e mandou no cantinho, mas Alex Muralha foi nela para espalmar.

Na volta para a segunda etapa, o Vasco seguia na blitz no ataque. Mas a primeira chance de perigo foi do Figueirense. Depois do cruzamento, Marquinhos Pedroso ficou com o rebote da defesa e mandou no canto direito do goleiro. Martín Silva foi nela e espalmou, evitando o primeiro gol da partida.

O Figueirense equilibrou a partida e começou a atacar mais. Thiago Heleno recebeu um ótimo cruzamento, sozinho na pequena área. Mas o zagueiro cabeceou de forma bisonha para longe do gol. Em outra oportunidade, Leandro Silva aproveitou o vacilo de Rodrigo e cruzou para Mazola. O atacante tentou, de carrinho, tocar na bola mas não chegou nela.

Apesar do ímpeto das equipes, o zero a zero teimou em não sair do placar. 

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 0 x 0 VASCO

Local:
estádio Orlando Scarpeli (Santa Catarina)
Árbitro:
Thiago Duarte Peixoto
Público e Renda:
R$ 301.650 / Presente: 11.352 / Pagante: 11.004 
Gols:
nenhum
Cartões Amarelos:
Serginho (VAS, 28′ do 1ºT), Rafael Silva (VAS, 13′ do 2ºT), Gilberto (VAS, 19′ do 2ºT), Dagoberto (VAS, 22′ do 2ºT), Martín Silva (VAS, 25′ do 2ºT), Guiñazu (VAS, 31′ do 2ºT), Thiago Heleno (FIG, 43′ do 2ºT) Leandro Silva (FIG, 47′ do 2ºT)
Cartões Vermelhos:
nenhum

Figueirense:
Alex Muralha, Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Roberto Cereceda; Paulo Roberto, Fabinho, Marquinhos Pedroso e Yago (Mazola, 11′ do 2ºT); Everaldo (Marcão, 19′ do 2ºT) e Clayton (Dudu, 29′ do 2ºT). Técnico Argel Fucks.

Vasco:
Martín, Madson, Luan, Rodrigo, Christiano; Serginho (Lucas, 30′ do 2ºT), Guiñazu, Julio dos Santos (John Cley, 39′ do 2ºT), Dagoberto; Rafael Silva (Bernardo, 24′ do 2ºT) e Gilberto. Técnico Doriva.

Confira os lances do jogo entre Figueirense e Vasco

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *