Últimas

Fla é derrotado pelo Avaí com gol polêmico e já está na zona da degola

O Flamengo segue seu calvário neste Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe foi derrotada por 2 a 1 para o Avai, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Apesar da atuação fraca, o Rubro-negro reclamou bastante do segundo gol dos catarinenses, alegando que a bola saiu antes do cruzamento de Anderson Lopes para o gol de Hugo, que já havia marcado também o primeiro – Gabriel descontou para os visitantes.

Com o resultado, o Flamengo permanece com apenas um ponto no Brasileiro e já figura entre os quatro últimos, na zona de rebaixamento. O Avaí, por sua vez, chega aos 4 pontos e pula para a 9ª colocação. O Rubro-negro volta a campo nesta quarta-feira, contra o Náutico, no Maracanã, pela Copa do Brasil.

Fases do jogo: Sem contratar, o Flamengo segue sua saga para encontrar um jogador para o meio de campo no próprio elenco. Almir perdeu a vaga e Luxemburgo utilizou Gabriel e Everton abertos, mas os dois tinham dificuldades em armar as jogadas. O Avaí, por sua vez, vivia situação parecida, embora o veterano Marquinhos, por vezes, desempenhasse a função.

Com qualidade técnica questionável, a partia decorreu sem qualquer chance de gol por todo o primeiro tempo. Os donos da casa tinham maior posse de bola maior, embora improdutiva. O Flamengo, por sua vez, sequer conseguiu encaixar um contra-ataque.

Com Paulinho na vaga de Everton, lesionado, o Flamengo não teve tempo para tocar na bola no segundo tempo. Isso porque o Avaí veio disposto a abrir o placar na base da pressão. E conseguiu com menos de dois minutos. Após confusão na área, Hugo aproveitou a oportunidade para estufar as redes: 1 a 0.

O Avaí sentiu o bom momento e partiu para cima, mas deixou espaços na defesa. E aos 5min, o Flamengo deixou tudo igual. O lance foi bem similar ao gol dos donos da casa, mas quem apareceu para completar o lance foi Gabriel: 1 a 1. Mas a partida passou a ter uma dinâmica não vista na etapa inicial.

E dando sequência, o Avaí voltou a ficar na frente do placar, novamente com Hugo. Dessa vez, no entanto, o gol foi polêmico. Antes de Anderson Lopes cruzar, a b ola teria saído pela linha de fundo, o que caracterizaria escanteio. A arbitragem mandou seguir, a zaga do Flamengo parou e o atacante do Avaí marcou o segundo no duelo: 2 a 1.

Novamente em desvantagem, o Flamengo não teve forças para reagir. Derrota que deixa o Rubro-negro na zona de rebaixamento. Apesar do início da competição, o sinal de alerta já está ligado. É bom Luxemburgo abrir os olhos…

O melhor: Hugo – além de ter marcado os dois gols do Avaí no duelo, o atacante infernizou a defesa do Flamengo desde o primeiro minuto com muita velocidade e habilidade.

O pior: Canteros – atravessa o que talvez seja sua pior fase técnica no Flamengo. Disperso, errou bastante. Até mesmo fundamentos que domina com perfeição, como passe e domínio de bola, foram mal executados.

Chave do jogo: o polêmico segundo gol do Avaí. Anderson Lopes cruzou para Hugo estufar as redes, mas o Flamengo reclamou bastante que a bola teria saído antes da assistência. O gol foi aos 16min do segundo tempo e o Rubro-negro não conseguiu reagir.

Para lembrar: Desfalques: O Flamengo não contou com Marcelo Cirino, Mugni e Nixon, lesionados. Já Eduardo da Silva, gripado, também desfalcou o Rubro-negro.

Barrado: Jonas, conhecido no elenco como Schweinsteiger do Nordeste, não está agradando o técnico Vaderlei Luxemburgo e acabou barrado por Cáceres neste domingo.

AVAÍ 2 X 1 FLAMENGO

Data: 24/05/2015
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: Marquinhos, Hugo, Jéci, Roberto, Marrone (AVA) Everton, Wallace, Paulo Victor, Paulinho (FLA)
Gols: Hugos, 1min, Gabriel, aos 5min, Hugo aos 16min do segundo tempo

AVAÍ
Vagner; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Jéci e Romário (Marrone); Renan Eduardo Neto, Pablo e Marquinhos (Renan Oliveira); Hugo e Anderson Lopes
Técnico: Gilson Kleina

FLAMENGO
Paulo Victor; Pará (Luiz Antônio), Marcelo, Wallace e Armero; Cáceres, Canteros (Arthur Maia) e Márcio Araújo; Gabriel, Everton (Paulinho) e Alecsandro
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *