Últimas

Homem é morto ao entrar por engano em favela

Rio – Um homem identificado como Ulisses da Costa Cancela, de 36 anos, foi morto por traficantes após entrar, por engano, na comunidade ‘Vai Quem Quer’, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O caso aconteceu na noite do último sábado quando o alpinista industrial voltava de uma festa no Rio.

Atingido na cabeça, Ulisses foi levado para o Hospital de Imbariê, no mesmo município, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do alpinista foi sepultado às 16h30 de ontem no Cemitério Municipal, em Petrópolis. 

O caso foi registrado na 60ª DP (Campos Elíseos). O local onde o rapaz entrou por engano é conhecido como “Lote 15”, uma das áreas mais violentas da favela.

Dos ocupantes do carro, Ulisses foi o único atingido. Casado há dez anos, ele trabalhava como alpinista industrial em uma empresa que presta serviço para a Petrobras fazendo manutenção em plataformas de petróleo. 

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *