Últimas

Homem que arrastou cachorro por cerca de 500 metros está foragido

Rio Grande do Sul – A agressão contra um animal chocou os moradores da cidade de Teutônia, no Rio Grande do Sul. A polícia procura um homem que arrastou um cachorro amarrado pela coleira junto ao carro por cerca de 500 metros, na madrugada deste sábado. Testemunhas disseram que o agressor dirigia um carro preto em alta velocidade e fugiu do local.


Cachorro batizado de Guerreiro não sofreu fraturas, mas está com ferimentos graves nas patas e nos tendões

Foto:  Divulgação / Repraas

O cachorro, que foi batizado de Guerreiro, não sofreu fraturas, mas está com ferimentos graves nas patas e nos tendões, além de ter perdido pele e músculo. Ele foi socorrido por bombeiros voluntários e pela Brigada Militar e é tratado em uma clínica veterinária na cidade vizinha de Venâncio Aires.

De acordo com o presidente da Repraas (Rede de Proteção Ambiental e Animais) de Teutônia, Vladimir da Silva, o principal objetivo agora é identificar o agressor para que ele responda a inquérito por maus tratos feito na Polícia Civil. Além disso, uma ocorrência deve ser registrada no Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), o que deve gerar uma infração passível de multa.

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *