Últimas

Hora de pedir aumento

Rio – Pedir aumento ou promoção no trabalho é sempre uma questão delicada. Mas se o funcionário entende que está na hora de ter seu trabalho reconhecido, é preciso ter coragem e encarar uma conversa com a chefia.

Além do salário, o trabalhador deve levar em consideração fatores como oportunidades de desenvolvimento que o seu empregador lhe oferece e qualidade do ambiente de trabalho. As empresas, de um modo geral, usam esses recursos para reter talentos.

No entanto, se o funcionário já tentou negociar, mas a chefia permanece insensível, vale a pena começar a procurar outro trabalho. Afinal, os jovens de hoje dificilmente se acomodam em um emprego, a menos que as condições de trabalho sejam vantajosas.

PERGUNTA E RESPOSTA

“Minha promoção no trabalho foi prometida, mas a cada ano é adiada. Agora a gerência da minha área mudou e tenho medo de que minhas chances de conseguir aumento sejam ainda menores. Devo procurar outro emprego?”
Kátia, Niterói

Olá! O perfil das pessoas que ingressam no mercado de trabalho atualmente mudou muito com relação às gerações anteriores. Os jovens de hoje nasceram na era da tecnologia, são criativos, proativos e imediatistas. Isso faz com que eles não fiquem acomodados, se a situação na empresa não estiver agradando.

Para atender à demanda da nova geração, o mercado de trabalho vem mudando a forma de recompensar os profissionais. Hoje existem novos itens que devem ser considerados no “pacote” de recompensas.

Você deve avaliar, antes de tomar uma decisão mais radical, quais as oportunidades de desenvolvimento que o seu empregador lhe oferece (treinamentos que proporcionarão crescimento na carreira) e a qualidade do ambiente de trabalho (empresa com ética forte e cultura de liderança). Além destes, é claro, uma boa remuneração, que envolve não só bons salários, mas também benefícios e incentivos recebidos.

Se após analisar esse conjunto de fatores a sua insatisfação permanecer, isso significa que é hora de ter uma conversa com seu chefe.

Mas quais seriam seus argumentos para negociar um aumento ou promoção? Se a empresa fechou o semestre com resultados financeiros positivos e seu salário está defasado em relação ao mercado e aos colegas, prossiga. Verifique também se você bateu as suas metas antes de partir para o acerto de contas.

Mas se você já tentou negociar e o seu gestor continua “insensível”, é hora de procurar outro emprego. Infelizmente é comum a empresa só valorizar o funcionário quando percebe que vai perdê-lo. O ponto aqui é: se o problema está no chefe (empresa) que não recompensa quem deveria, comece a enviar currículos e não cometa o erro de permanecer numa empresa que não reconhece seu valor. Boa sorte!

Janaina Ferreira é professora do Ibmec-RJ. Amanhã, Sucesso nas Finanças

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *