Miliciano palestino islamita morre em Gaza durante "missão"

Gaza, 2 mai (EFE).- Um militantes do grupo palestino Jihad Islâmica na Faixa de Gaza morreu neste sábado no curso de uma “missão pela jihad”, informaram fontes dessa facção armada.

Em comunicado aos meios de comunicação, a facção palestina informou que Nasim Khalil Naeem, de 49 anos “morreu em uma missão pela jihad em Beit Hanoun, no norte da Faixa”.

A Jihad Islâmica não revelou nem o tipo de “missão” que realizava e nem as circunstâncias do fato, mas a descrição feita costuma se referir à morte de um de seus membros em um acidente bem pela explosão de algum bomba quando a manipulava ou na escavação de túneis.

Outras fontes locais de segurança disseram que a vítima estava escavando um túnel no norte da Faixa quando este desabou.

Nas últimas semanas, fontes do outro movimento islamita palestino, Hamas, e também do Exército israelense reconheceram que as facções tinham retomado a escavação de túneis, um dos argumentos que Israel usou para executar a ofensiva Limite Protetor em Gaza, entre julho e agosto de 2014, e na qual morreram cerca de 2,2 mil palestinos e 70 israelenses.

Israel, que destruiu nessa ofensiva 30 corredores subterrâneos, os considera uma ameaça para a segurança de sua população na zona, porque alguns cruzam de um território para outro sem que se saiba onde vão dar.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *