Últimas

Montadora do Apple Watch afirma ter resolvido problemas de produção

Da Redação do site Tudocelular.com.br

CC Leung, vice-presidente da Quanta Computer, uma das empresas que monta o Apple Watch, confirmou que os problemas de produção de sua companhia foram resolvidos, de acordo com um relatório publicado pela DigiTimes nesta sexta-feira (15). Embora não tenha mencionado a Apple e o seu produto diretamente pelo nome, ele claramente estava se referindo ao relógio inteligente e da empresa de Cupertino, que atualmente é o seu maior cliente.

A Quanta Computer vem endo atormantada com as baixas taxas de rendimento, levando a empresa para problemas de capacidade de produção do aparelho. No entanto, o Apple Watch vem tentando se estabelecer no mercado frente a uma forte demanda, e fontes ligadas à empresa afirmam a disponibilidade de venda do Watch seja melhorada em breve.

Diversos fatores acabaram limitando a comercialização em massa do Apple Watch nos atuais mercados em que atua. A Quanta contratou diversos trabalhadores adicionais de outras fabricantes para montar o relógio inteligente da Apple, mas a escassez de trabalho durante os feriados do Ano Novo Lunar acabaram resultando em uma certa limitação no envio de aparelhos montados durante todo o primeiro trimestre.

De acordo com o relato de Leung, o relógio da Apple é “diferente dos outros smartwatches” que a empresa já produziu até então, visto que ele passa por uma série de processos até chegar no resultado final.

A Quanta diz que agora tem “capacidade suficiente para a fabricação de todos os pedidos“, acrescentando que a fabricante deverá ter “uma gigante contribuição” no negócio de dispositivos vestíveis da Apple no segundo trimestre deste ano.

Este poderia ser um grande sinal de que a disponibilidade do Apple Watch deverá melhorar daqui pra frente, mas ainda não significa que ele deverá passar a ser comercializado em novos países daqui pra frente.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *