Últimas

Morte de chimpanzés que fugiram de zoológico causa comoção na Espanha

Madri – A morte de um chimpanzé, Adam, encontrado morto nesta quinta-feira após sua fuga com uma fêmea abatida pela guarda civil, mobilizou os defensores dos animais na Espanha, que apresentaram uma queixa contra o zoológico.O caso provocou uma tal mobilização que a morte do primata precisou ser anunciada pela guarda civil em um comunicado.

“Por volta das 07H15 (02H15 de Brasília), um funcionário encontrou durante uma inspeção de rotina o corpo sem vida” de Adam, chimpanzé de 30 anos, “boiando no reservatório de água suja” de uma estação de tratamento na ilha turística de Mallorca, nas Ilhas Baleares, escreveu a guarda civil em um comunicado.

A descoberta ocorre três dias após a morte da chimpanzé fêmea Eva, que foi morta por agentes. O casal, nascido em 1985, compartilhava a mesma jaula no zoológico de Sa Coma, no leste de Mallorca, há treze anos.Os dois chimpanzés fugiram do zoológico de Sa Coma na segunda-feira às 12H30 (7H30 de Brasília).

A organização espanhola de proteção dos primatas “Proyecto Gran Simio” apelou às autoridades locais para que o jardim zoológico de Sa Coma “seja fechado imediatamente por irresponsabilidade grave no tratamento de grandes animais e porque não há nenhum protocolo de segurança que teria impedido a fuga e morte” da chimpanzé.

“Nós apresentamos uma queixa contra os responsáveis do zoológico pela morte de Adam e Eva” no tribunal de Manacor, em Mallorca, anunciou Pedro Pozas, diretor do projeto.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *