Últimas

Para Moro, inverte valores quem culpa investigação pela crise na Petrobras

Brasília – O juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, afirma em decisão divulgada nesta quinta-feira, 21, que o maior prejudicado com a corrupção na Petrobras é o cidadão brasileiro e que tem certeza de que a estatal, mergulhada numa crise financeira, irá se reerguer.

No despacho em que autoriza as ações da 13ª fase da operação, Moro diz que inverte valores quem culpa Polícia Federal, o Ministério Público Federal e até mesmo a Justiça pela situação da petroleira.

“O policial que descobre o cadáver não se torna culpado pelo homicídio e a responsabilidade pelos imensos danos sofridos pela Petrobras e pela economia brasileira só pode recair sobre os criminosos, os corruptos e corruptores, incluindo os intermediários”, comenta.

O juiz afirma ter certeza de que a estatal vai se reerguer e “conseguirá desenvolver seus negócios com mais eficiência e economia. “Reprimido o custo decorrente do crime, isso não alivia a responsabilidade criminal dos seus algozes”, acrescenta.

O lobista Milton Pascowitch foi preso preventivamente nesta quinta-feira. Seu irmão, José Adolfo Pascowitch, foi levado para depor na sede da Polícia Federal, em São Paulo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *