Últimas

Policiamento é reforçado após tiroteio em favelas de Santa Teresa, no Rio

  • Carlos Moraes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

    Participam da operação policiais do COE, do Bope, do Choque e do Batalhão de Ações com Cães

    Participam da operação policiais do COE, do Bope, do Choque e do Batalhão de Ações com Cães

A Polícia Militar reforçou o esquema de segurança nas comunidades da Coroa, do Fallet, do Fogueteiro e do Turano, nos bairros do Catumbi e de Santa Teresa, região central do Rio de Janeiro, onde, na noite de sexta-feira (8), houve intenso tiroteio entre traficantes que deixou quatro mortos e cinco feridos.

As investigações ainda estão sendo feitas na área. A polícia informou que foram apreendidos uma granada e dois artefatos explosivos e que o reforço no policiamento segue por tempo indeterminado.

De acordo com a CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora), participam da operação policiais do COE (Comando de Operações Especiais), do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), do Choque e do BAC (Batalhão de Ações com Cães).

O policiamento foi reforçado na região ontem, após o confronto, e agentes de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) ocupam os pontos de acesso às comunidades. O esquema conta ainda com o apoio do BPGE (Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos), que faz operações de cerco e revista na região.

O registro na Polícia Civil foi feito inicialmente na 6ª Delegacia de Polícia (DP), na Cidade Nova, mas agora as investigações estão sob a responsabilidade do delegado Ginilton Lages, da Delegacia de Homicídios (DH), que foi até o local.

Apesar do movimento policial, o comércio nas ruas próximas às comunidades continua aberto. Moradores relataram por meio de redes sociais que que ficaram com medo no momento do confronto. Outros postaram vídeos no momento das trocas de tiros.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *