Últimas

Presidente da American Express morre aos 55 anos

Publicidade

O presidente da American Express, Ed Gilligan, 55, morreu nesta sexta-feira (29) após se sentir mal durante um voo rumo a Nova York.

Gilligan estava retornando de uma viagem a negócios. Uma porta-voz da empresa não informou de onde o executivo retornava nem se a causa da morte já era conhecida.

“Essa notícia é profundamente dolorosa e claramente inimaginável para todos nós que tivemos a sorte de trabalhar com Ed”, afirmou o presidente-executivo da American Express, Ken Chenault, em carta aos funcionários.

Gilligan começou a trabalhar na emissora de cartão de crédito há 35 anos como estagiário. Ele assumiu a presidência da companhia em 2013.

No cargo, ele era subordinado a Chenault, 63, e era considerado um dos possíveis sucessores do executivo no comando da companhia americana.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *