Protesto tem ônibus depredados e três pessoas detidas na zona sul de SP

Publicidade

Um protesto de moradores terminou com cinco ônibus depredados e três pessoas detidas na tarde desta quarta-feira (27) na região do Grajaú, na zona sul de São Paulo.

O protesto começou por volta das 15h30, na avenida Belmira Marin, que foi fechada com entulhos incendiados. Segundo a Polícia Militar, o grupo tentou incendiar um caminhão, sem sucesso, e depois depredou cinco ônibus.

A SPTrans informou que quatro coletivos depredados são da empresa Cidade Dutra e um da Transwolf. As chaves de dois veículos também foram roubadas. Não há, no entanto, registro de pessoas feridas.

Segundo a PM, o ato foi motivado por um boato de que uma criança teria sido baleada durante ação policial. A corporação, porém, afirma não ter registro do caso.

A polícia afirmou que a única ocorrência registrada na região foi por volta das 14h30, após um veículo fugir de uma abordagem policial. Houve perseguição e tiroteio na entrada da comunidade de Sucupira.

Um dos suspeitos fugiu e o outro foi baleado e encaminhado para o pronto-socorro Maria Antonieta. Segundo a polícia, um revólver calibre 38 foi encontrado com ele. O caso foi registrado no 101º DP (Jardim das Imbuias).

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *