Últimas

Separatistas muçulmanos e soldados vão baixar as armas por luta de boxe

Publicidade

Os rebeldes muçulmanos do sul das Filipinas e as forças governamentais do país vão baixar as suas armas para acompanhar a luta entre o americano Floyd Mayweather e o filipino Manny Pacquiao na madrugada deste domingo (3).

Os dois lutadores se enfrentam em Las Vegas, nos Estados Unidos, à 1h (de Brasília).

Os rebeldes da Frente Moro de Libertação Islâmica (MILF, na sigla em inglês), o maior grupo armado do país, vão ver o duelo em um acampamento da província de Maguindanao (no sul das Filipinas).

“Apoiamos o esporte. Vamos apoiar aos dois [lutadores]. Não vamos tomar partido”, disse Ghadzali Jaafar, vice-presidente da MILF, apesar de estar consciente de que alguns membros da organização estão do lado de Pacquiao.

Membros ou não da MILF terão a possibilidade de assistir ao combate em um lugar estritamente vigiado, a poucos quilômetros do principal acampamento do grupo rebelde.

As forças governamentais com base em Maguindanao vão ver o combate em um ginásio.

O governo se envolveu em conversas de paz com os rebeldes separatistas muçulmanos para colocar fim a um conflito que durou décadas e deixou milhares de mortos.

Este acordo prevê a criação de uma região autônoma no sul do país, considerado pelos cinco milhões de muçulmanos filipinos como a terra de seus antepassados.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *