Últimas

Sucesso nas compras: Há espaço para empreendedores

Rio – Deixar a condição de empregado e se tornar empresário é um sonho que muitos brasileiros cultivam. No país, o tino empreendedor é um dado do perfil do cidadão brasileiro.

Usar a experiência como vendedor para iniciar um negócio no setor de varejo é um bom começo. Ajuda, por exemplo, na hora de contratar seus empregados e orientar em relação à abordagem de clientes. Contribui ainda na hora de estudar os possíveis concorrentes e fixar preços e localização da loja.

E, mais importante, não atuar por impulso na hora de iniciar o negócio. Deixar a ideia amadurecer, fazer cursos de gestão e de planejamento, buscar opiniões e sugestões de parentes, amigos e profissionais de gestão vão ser, sem dúvida, diferenciais. Leia mais abaixo.

Por Marco Quintarelli

PERGUNTA E RESPOSTA

“Estou com 35 anos de idade e já sou formado em Administração de Empresas. Atualmente trabalho numa empresa de varejo. Estou nesse emprego há 15 anos. Juntei algum dinheiro desde os meus 18 anos para montar o meu próprio negócio. E o melhor: minha família está disposta a me ajudar. Não sei se a hora é esta mas queria uma opinião ou dicas suas de onde eu poderia investir dentro deste mercado de comércio?”

Marcelo Silva, Tijuca

O brasileiro de uma maneira geral é empreendedor nato. Com todas os desafios da vida cotidiana ele vive cheio de ideias e está sempre querendo concretizá-las.

Transformar as suas ideias, seus sonhos e seus projetos em realidade, acreditar, ser persistente, ser um visionário e ter paixão por aquilo que faz são as máximas de todo bom empreendedor.

Descobrir uma “lacuna” ou a complementaridade para um serviço ou produto, ou uma oportunidade de negócio e ter a solução para ela, na maioria das vezes de forma simples, é onde o empreendedor pode ter chance de abrir o negócio de seus sonhos. Esse é o caminho para obter um diferencial e, com ele, o esperado lucro.

Vemos a todo o momento no mundo inteiro casos de sucesso, alguns históricos e outros recentes, de grandes empresas que se formaram a partir de uma ideia.

Não sei exatamente os seus “sonhos” nem as áreas que você tem mais afinidade, porém o mercado sinaliza o futuro do varejo para alguns segmentos.

Atualmente a área de internet, principalmente as redes sociais, os aplicativos e a sustentabilidade são os maiores focos dos atuais empreendedores.

A cada dia novos negócios surgem partindo de ideias simples e não percebidas antes. A busca pela conveniência, praticidade, pela vida saudável, cuidados com a beleza, a diversão e indulgência (alimentação principalmente) são segmentos em franca expansão, com ou sem crise. Lembre-se que independente do que você escolher, escolha pela sua afinidade e sua preferência.

Marco Quintarelli é consultor do Grupo AZO. Segunda-feira, Sucesso nos Concursos

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *