Tite nega soberba e diz que rival mereceu a classificação

Publicidade

O técnico do Corinthians, Tite, negou brasileiro que o time tenha subestimado o Guaraní (PAR) e afirmou que a eliminação nas oitavas de final da Libertadores aconteceu por causa de um “jogo ruim”.

A equipe alvinegra foi derrotada duas vezes pelos paraguaios: 2 a 0 no confronto de ida, na semana passada, e 1 a 0 dentro do Itaquerão.

“O Guarani foi melhor nos 180 minutos e mereceu a classificação. Mas caímos porque fizemos um jogo ruim [no Paraguai]. A construção de um time é assim mesmo, demanda tempo. Tem erros e acertos”, disse o treinador.

Tite negou ainda que o Corinthians tenha entrado em uma maré de confiança exagerada devido ao excesso de elogios recebidos no começo do ano. E que esse “salto alto” tenha tido influência no confronto com o Guaraní, dono da 13ª campanha entre os 16 times que passaram da fase de grupos da Libertadores.

“Meu sentimento não é esse. Não tem soberba porque esse time não ganhou nada. Nunca falamos que éramos os melhores. Não vejo ostentação.”

Essa foi a segunda eliminação corintiana em menos de um mês –o time já havia caído na semifinal do Paulista ante o Palmeiras, ainda que nos pênaltis.

Dos últimos nove jogos, o Corinthians só conseguir vencer dois.

Sobre a derrota de quarta-feira (13), Tite disse ter dúvidas se o cartão vermelho recebido por Fábio Santos, no início do segundo tempo, foi justo e apontou a expulsão como determinante para o resultado.

“Tivemos volume de jogo no primeiro tempo. No segundo, tentamos colocar dois homens de área. Mas teve a expulsão. E aí, avacalha.”

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *