Últimas

Trem nos EUA viajava em alta velocidade, diz investigador

Publicidade

O National Transportation Safety Board (NTSB), a autoridade de transportes dos EUA, confirmou que o trem 188 da Amtrak que viajava de Washington a Nova York e descarrilou na Filadélfia estava em alta velocidade.

O descarrilamento, na noite de terça-feira (12), resultou em pelo menos sete mortos e 200 feridos. A polícia e as autoridades de transporte ainda apuram as causas do acidente na linha férrea, que é a mais movimentada dos EUA.

O sétimo corpo foi encontrado na tarde desta quarta-feira (13) por equipes de resgate em meio aos destroços do trem.

Acidente de trem na Filadélfia

Fontes envolvidas com a investigação disseram ao jornal “The New York Times” que os registros do trem mostram que ele viajava a 100 milhas por hora (160 km/h), o dobro da velocidade permitida naquele trecho, no instante do acidente.

Mais tarde, essa informação foi confirmada por Robert Sumwalt, chefe das investigações realizadas pelo NTSB.

Passageiros da composição relataram cenas caóticas, com pessoas sendo arremessadas contra as paredes do trem e atingidas por objetos soltos na hora do descarrilamento.

Especialistas afirmaram ao “NYT” que o desastre poderia ter sido evitado por um sistema chamado “controle positivo do trem”, capaz de reduzir automaticamente a velocidade de uma composição que esteja viajando rápido demais.

Segundo Sumwalt, o trecho de ferrovia em que o trem se acidentou não tinha o sistema.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *