Últimas

'Uma pena', lamenta Fernando Meirelles ao falar de Rubens Sabino

Fernando Meirelles (Foto: Celso Tavares / Ego)Fernando Meirelles (Foto: Celso Tavares / Ego)

Fernando Meirelles está fora do Brasil, mas ficou triste ao saber através da imprensa que Rubens Sabino, um dos atores com que ele trabalhou em “Cidade de Deus”, acabou indo parar na Cracolândia.

Procurado pelo EGO para comentar a história, divulgada nesta quarta-feira, 29, o diretor contou que tentou ajudar o ator inúmeras vezes depois que o filme terminou, mas não teve sucesso. Em uma destas vezes, Rubens chegou a ser internado em uma clínica de reabilitação em Belém do Pará, mas acabou sendo convidado a se retirar.

EGO: Você mantém contato com esse ator? Sabia que ele se encontrava na Cracolândia em SP?
Fernando Meirelels
: Não tínhamos mais contato e fiquei sabendo que ele estava na Cracolândia pela imprensa. Uma pena ele estar sendo exposto assim,  mas é preciso vender jornal. Certo?

Rolou algum movimento por parte da equipe do filme ‘Cidade de Deus’ de ajudá-lo? Ou vocês acharam melhor não se intrometer?
Fernando Meirelles:
Por muito tempo nós da O2 tentamos ajuda-lo com trabalho, casa, emprego e escola,  mas nunca dava certo.  Quando não dava mais para ele trabalhar na O2 arrumamos outro trabalho para ele numa produtora menor, mas também não deu certo.  Por ter sido criado na rua, sozinho, a cabeça do Rubinho não consegue se adaptar a situações formais. Uma época chegamos a manda-lo para uma clínica de reabilitação em Belém do Pará acreditando que por estar muito longe da sua turma da pesada e dos traficantes amigos ele conseguiria se recuperar. Por uns três meses deu certo mas depois ele começou a descumprir as regras da clínica sistematicamente até ser convidado a sair. Mandei o dinheiro da passagem mas ele gastou por lá e voltou pegando carona e sabe-se lá como. Foi aí que perdemos o contacto e a motivação para ajuda-lo.

Na época do filme como era sua relação com o Rubens? Como foi a escolha dele para o elenco? Ele já se encontrava em alguma situação triste?
Fernando Meirelles:
Quando o convidamos para fazer o filme o Rubinho morava na rua. Ele fugiu de casa aos 7 anos para escapar de mal tratos da mãe e do padrasto. Durante a filmagem arrumamos uma casa para ele e convencemos o Guti Fraga a inclui-lo no grupo Nós do Morro. Infelizmente ele se desentendeu com o grupo e não pode mais ficar  por lá. Quando acabou o filme, como não tinha para onde ir, ele vei conosco para São Paulo.

Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *