Com golaços e pênalti polêmico, Vitória bate Atlético-GO e dorme no G-4

O Vitória está no G-4, pelo menos até os jogos deste sábado. Com dois belos gols e um de pênalti, polêmico, o time rubro-negro, que aguarda a chegada do técnico Vágner Mancini, superou o Atlético-GO por 3 a 1 no Barradão e assim dormirá entre os quatro melhores colocados da Série B. Escudero, Diego Renan e Elton marcaram os gols do time baiano.

Com o resultado, o Vitória chega a 12 pontos e fica com a terceira colocação, ao menos temporariamente, já que outros oito jogos ainda serão disputados nesta sexta rodada. Já o Atlético-GO estaciona nos quatro pontos, perde três posições na tabela e termina esta rodada na zona de rebaixamento por conta dos gols pró.

Fases do jogo: O primeiro gol da partida saiu de um pênalti polêmico. Depois de cruzamento da direita, o zagueiro Rafael Diego tentou afastar e pegou mal na bola, que acabou batendo em seu braço. Para o juiz, pênalti, convertido por Escudero, que abriu o placar no Barradão aos 18min. 1 a 0. A resposta do Atlético-GO veio no último lance do primeiro tempo. Após cruzamento da direita, Arthur cabeceou no canto e deixou tudo igual. 1 a 1.

Na etapa final, apesar do Atlético-GO levemente superior, foi o Vitória quem voltou a marcar. Diego Renan avançou pela esquerda, cortou para o meio e bateu com extrema categoria de fora da área, no canto esquerdo do goleiro, que ficou parado no lance. 2 a 1. E em mais uma bela jogada, o Vitória praticamente ‘matou o jogo’. Rhayner deu lindo passe para Pedro Ken, que cruzou rasteiro da esquerda e encontrou Elton, que bateu de canhota e mandou para as redes. 3 a 1, placar final.

O melhor: Diego Renan. Marcou um belo gol no momento em que o Vitória estava pior que o Atlético-GO. Fez boa partida ofensiva e defensivamente.

Para lembrar:

Duelo de interinos. Vitória e Atlético-GO foram comandados por técnicos interinos nesta sexta-feira. Wesley Carvalho, que fez sua despedida antes da chegada de Vágner Mancini, dirigiu a equipe baiana à beira do gramado, enquanto Gilberto Pereira foi o responsável por comandar o time goiano.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *