Últimas

Doriva lamenta novo tropeço, mas elogia postura do Vasco em Coritiba

Rio – Não foi desta vez que o Vasco conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. No último sábado, o Cruzmaltino novamente bobeou e acabou sendo derrotado por 1 a 0 pelo Atlético-PR. Após o revés, foi a vez do técnico Doriva sair em defesa do time. Apesar do tropeço, ele elogiou a postura dos jogadores e lamentou o gol de pênalti feito pelo adversário em um momento em que a equipe carioca estava bem na partida.

“Nossa equipe jogou com dignidade. Enfrentamos o líder do campeonato e tivemos atitude. Os atletas demonstraram comprometimento e se empenharam ao longo da partida. Infelizmente, tomamos um gol de pênalti no momento que estávamos bem. Tivemos um bom volume depois e tentamos, através de algumas substituições, fazer o time sair mais para o jogo. Ele saiu, chutou algumas bolas no gol, mas não foi suficiente. Por conta da ambição de querer empatar a partida, acabamos tomando um gol no fim”, afirmou.


LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco


Apesar da derrota, Doriva elogia postura da equipe do Vasco

Foto:  Divulgação

Questionado sobre o duelo contra o bicampeão Cruzeiro, seu próximo adversário, Doriva falou do equilíbrio do campeonato e ressaltou a importância de uma vitória para ganhar moral.

“Houve uma evolução contra o Atlético Paranaense. Temos que continuar evoluindo e buscando a primeira vitória. Teremos um adversário difícil, mas o Campeonato Brasileiro é um torneio complicado, não tem jogo fácil. Por ele ter essa característica, não podemos ficar muito para trás. Precisamos conquistar uma vitória para dar início a nossa virada dentro da competição”, finalizou o comandante.


LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Vasco permanece na zona de rebaixamento, ocupando a 19º posição na tabela do Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, o Cruzmaltino recebe o Cruzeiro, às 21h, em São Januário. 

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *