Dunga ironiza punição a Neymar: "Da próxima vez mando ele dar porradas"

O técnico Dunga ironizou a decisão da Conmebol de tirar Neymar de quatro jogos da Copa América. Em entrevista coletiva após a vitória sobre a Venezuela, o comandante disse que “da próxima vez mandará Neymar dar porradas”.

Dunga foi perguntado sobre os argumentos do Brasil para tentar reverter a pena aplicada que tira o jogador da competição após a expulsão na confusão ocorrida no duelo contra a Colômbia. E a resposta foi a única atitude irônica durante o contato com os jornalistas.

“Não. Nenhuma novidade. Argumentos… Da próxima vez, peço para ele dar as porradas. Menos drible e mais força física”, disse antes de sorrir. 

No primeiro jogo sem o capitão da seleção e craque do Barcelona, o Brasil conseguiu vencer a Venezuela pelo placar de 2 a 1. A braçadeira foi do zagueiro Miranda e o time, segundo Dunga, supriu bem a carência do atacante. 

“O Neymar faz falta em qualquer equipe. Mas quando não se tem, temos que achar a solução.A  Copa América é difícil. Todos os jogos tivemos diferença de apenas um gol, exceto o Chile”, comentou o técnico. 

O protagonismo da seleção também precisa ser dividido. Sem a figura de Neymar, Dunga apostou na personalidade dos jogadores para cosneguir um rendimento adequado do time. 

“O Robinho tem que ser o Robinho, o Coutinho tem que ser o Coutinho, se temos o Neymar, ele é o Neymar. Se não temos ele, cada um tem que ser quem é, ser ele mesmo. Se tivéssemos o Pelé, ele seria o Pelé. Se não temos, temos que arrumar uma forma de jogar. Não é fácil”, finalizou. 

Classificado, o Brasil terá pela frente o Paraguai nas quartas de final. O jogo está marcado para sábado, às 18h30 (horário de Brasília). 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *