Últimas

Em jogo ruim, México e Bolívia empatam sem gols na estreia da Copa América

Viña del Mar (Chile), 12 jun (EFE).- Em um jogo de baixa qualidade técnica, México e Bolívia empataram sem gols na estreia da Copa América de 2015 nesta sexta-feira, no Estádio Sausalito, em Viña del Mar, encerrando a primeira rodada do grupo A.

Com o resultado, o anfitrião Chile se manteve na primeira posição da chave, com três pontos, depois da vitória de ontem por 2 a 0 sobre o Equador, lanterna da chave. México e Bolívia dividem a segunda posição, com um ponto cada.

As duas equipes fizeram um primeiro tempo de poucas emoções. Todas as três – e únicas – chances de perigo dos primeiros 45 minutos iniciais foram criadas pela Bolívia, apesar do domínio da posse de bola do México, que trouxe uma “equipe B” para a disputa da principal competição de seleções sul-americana para priorizar a Copa Ouro.

A primeira delas ocorreu aos 13 minutos, quando Smedberg cruzou para Pedriel, que se antecipou e acertou a trave mexicana. Depois, já perto do intervalo, aos 41, Campos chutou bonito de fora da área, obrigando a Corona a fazer uma grande defesa.

Na sequência, o goleiro saiu mal para cortar a cobrança de escanteio boliviana, mas Raldés acabou cabeceando para fora.

O México acordou na segunda etapa e desperdiçou boas chances de sair do Estádio Sausalito com a vitória. A melhor oportunidade ocorreu aos 21, quando Jesus Corona foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou na medida para Jímenez, que tirou demais do goleiro, com a bola passando perto da trave.

Nos últimos minutos, a equipe treinada por Miguel Herrena abafou o adversário no campo defensivo e quase conseguiu abrir o placar de tanto insistir.

Aos 37, após bate-rebate na área, o rebote sobrou nos pés de Vuoso, que chutou firme com o goleiro já batido no lance. No entanto, a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.

A pressão prosseguiu até o apito final, mas o México não superou a defesa adversária. O desempenho ruim das duas equipes não foi perdoado pela torcida, que vaiou depois de o árbitro encerrar o duelo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *